Campeã mundial, Bia Ferreira vence finlandesa e está na final olímpica no boxe - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Campeã mundial, Bia Ferreira vence finlandesa e está na final olímpica no boxe

Compartilhe
Bia Ferreira comemora vitória contra Mira Potkonen

O boxe brasileiro tem o primeiro atleta na final olímpica na Arena Kokugikan. Beatriz Ferreira foi quem garantiu o feito ao derrotar nesta quinta-feira (5) a finlandesa Mira Potkonen por unanimidade na semifinal da categoria até 60kg. Bia, como é conhecida, vai disputar a final da competição no próximo domingo, às 2h (horário de Brasília).


A vitória nas quartas veio de maneira irreparável contra a adversária da Finlândia medalhista de bronze na Rio-2016 e no Mundial de 2019. Desde o início a brasileira tomou controle da luta e sacramentou o primeiro round após muita disputa e trocação. A vitória por 10 a 9 deu vantagem brasileira.


O round 2 parecia uma cópia do primeiro, com a baiana imprimindo seu ritmo de luta e encaixando fortes golpes na adversária. A finlandesa até veio pra cima em alguns momentos, o que pareceu que enrolaria o placar. Mesmo não sendo por unanimidade, Bia conectou os melhores golpes do assalto e colocou a adversária quase ao solo por duas vezes.


Com a tranquilidade dos rounds anteriores, Bia continuou com muita vontade no último assalto. A brasileira mostrou o boxe que tem, acertou golpes cruzados, diretos e finalizou com um jab para sair com a vitória por unanimidade.


A final será contra a irlandesa Kellie Harrington, campeã mundial em 2018, que venceu a tailandesa Sudaporn Seesondee por decisão dividida de 3 a 2. Como não há disputa do bronze, as medalhas ficam com os perdedores da semifinal.


Ainda nesta madrugada, Hebert Conceição (75kg) enfrente Gleb Bakshi, do Comitê Olímpico Russo, na semifinal de sua categoria. A medalha de bronze já está assegurada. Outro bronze do Brasil foi para Abner Teixeira (91kg), fechando três medalhas do boxe brasileiro em Tóquio.


Foto em destaque: Buda Mendes/Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário