Atual campeão, Novak Djokovic anuncia desistência do Masters 1000 de Cincinnati - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Atual campeão, Novak Djokovic anuncia desistência do Masters 1000 de Cincinnati

Compartilhe

O tenista número 1 do mundo, Novak Djokovic, anunciou sua desistência do Masters 1000 de Cincinnati, que está programado para começar em 15 de agosto. O atleta sérvio alegou muito cansaço causado pela temporada 2021 e colocou todo seu foco para a disputa do US Open, que ocorre a partir do dia 30 de agosto.

“Caros fãs, gostaria de compartilhar com vocês que estou demorando um pouco mais para me recuperar depois de uma jornada cansativa da Austrália a Tóquio", escreveu Djokovic em suas redes sociais. "Infelizmente, isso significa que não estarei pronto para competir em Cincinnati este ano, então vou voltar meu foco e atenção para o US Open e passar mais tempo com a família. Vejo vocês em Nova York em breve”.


Djokovic faz uma temporada praticamente irretocável, principalmente nos Grand Slams. O tenista sérvio conquistou os três Majors disputados em 2021, batendo nomes como Daniil Medvedev (Australian Open), Stefanos Tsitsipas (Roland Garros) e Matteo Berrettini (Wimbledon), nas respectivas finais.

Seus maiores revezes neste ano ocorreram há pouco mais de uma semana, durante os Jogos Olímpicos de Tóquio. Ele foi derrotado de virada na semifinal diante Alexander Zverev, que colocou um ponto final em seu sonho do Golden Slam e de quebra ainda perdeu na disputa pela medalha de bronze, contra Pablo Carreno Busta.

De quebra, ele ainda desistiu de jogar a partida que valia a medalha de bronze nas duplas mistas, onde entraria na disputa ao lado de sua parceira sérvia, Nina Stojanovic.


Djokovic não é o único grande nome fora do Masters 1000 de Cincinnati. O heptacampeão Roger Federer e seu compatriota, Stan Wawrinka, também não vão disputar o torneio.

Foto: Mike Segar/Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário