Sem trauma e sem sustos! Brasil vence Sérvia por 3 sets a 1 e assume liderança da chave em Tóquio - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Sem trauma e sem sustos! Brasil vence Sérvia por 3 sets a 1 e assume liderança da chave em Tóquio

Compartilhe

Depois da vitória sofrida por 3 sets a 2 contra a República Dominicana e da lesão sofrida pela levantadora Macris contra o Japão, a seleção brasileira feminina de vôlei voltou a quadra na madrugada deste sábado e venceu a Sérvia por 3 sets a 1 e, desta vez, sem sustos.

Com o triunfo, as meninas do Brasil ultrapassam a própria Sérvia e assumem a liderança do Grupo A com 11 pontos, deixando a equipe europeia na segunda posição, com oito.

A seleção encerra sua participação nesta primeira fase contra o time do Quênia, lanterna da chave, na segunda-feira (2) às 9h45 da manhã.

Caso confirme o primeiro lugar no grupo, o Brasil enfrenta a quarta colocada do Grupo B, que já tem a Argentina e a China, atual campeã olímpica, eliminadas da competição.


Início tranquilo

Mesmo enfrentando a líder do grupo, a seleção brasileira impôs seu ritmo de jogo e venceu com facilidade o primeiro set. Antes dos dez pontos, o Brasil abriu quatro de vantagem e administrou o placar até fechar a primeira etapa:



O segundo set parecia um replay do primeiro: Diferença construída logo no início da etapa e administrada até o encerramento em 25x16. Nem mesmo Boškovic Tijana, que fez 14 pontos só na metade inicial do confronto, foi capaz de segurar o ímpeto brasileiro.

Verdadeiro teste

No terceiro set a equipe da Sérvia mostrou que não era líder do grupo à toa. Enquanto os brasileiros comemoravam o bronze no tênis, no vôlei a equipe europeia cresceu e a vantagem brasileira de quatro, cinco pontos construída nos outros sets não aconteceu.

Ponto a ponto, os dois times brigaram até o final da etapa se alternando na liderança no placar. E desta vez, a vitória foi da Sérvia por 25 a 23, com destaque novamente para Boškovic, com nove pontos apenas nessa etapa.

O equilíbrio se manteve na quarto set até a reta final, quando o Brasil voltou a apresentar o mesmo desempenho e fechou a partida por 25 a 19.

Se as europeias tinham Boškovic, que terminou a partida com incríveis 32 pontos, o Brasil tinha Tandara, Gabi e Fernanda Rodrigues, que encerraram o confronto com 17, 14 e 12 pontos respectivamente.

Fotos: Divulgação/FIVB

Nenhum comentário:

Postar um comentário