WSL: ondas muito baixas adiam fase de 16 para quarta-feira - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

WSL: ondas muito baixas adiam fase de 16 para quarta-feira

Compartilhe



 


Após não conseguir realizar a fase de 16 masculina nesta segunda (3) em razão das condições do mar, a WSL teve que adiar mais uma vez a realização da eliminatória, devido as baixas ondas do mar em Margaret River.


Com a piora do mar ainda durante a disputa da fase de 16 feminina nesta segunda (3), os surfistas terão que esperar mais 24 horas para poder entrar no mar, já a feminina, iria iniciar sua fase de quartas de final, com a brasileira Tatiana Weston Webb enfrentando a australiana Tyler Wright.


"O swell (ondulação) pequeno de ontem à tarde permaneceu esta manhã e o vento deve piorar ao longo do dia, então não teremos competição hoje (4)". Explicou Jessi Miley-Dyer, vice-presidente de Circuitos da WSL.


Jessi ainda falou sobre a previsão de retomada da competição.


"A previsão indica que teremos bastante swell a caminho com ventos fracos na maior parte do restante da janela do evento, então vamos esperar por um dia com condições mais favoráveis para recomeçar a competição”.


A fase de 16 masculina conta com seis brasileiros e se inicia com o confronto entre John John Florence e Peterson Crisanto, já Medina enfrentará o norte-americano Seth Moniz. As duas baterias serão exclusivamente brasileiras com os confrontos entre Ítalo Ferrari e Caio Ibelli e Filipe Toledo contra Jadson André, o que garante pelo menos um brasileiro na semifinal.


A etapa de Margaret River é transmitida no app, site, You Tube e Facebook da WSL e também na ESPN 2 e Watch Espn.


Foto: Matt Dunbar/WSL

Nenhum comentário:

Postar um comentário