Rival ucraniana de Nathalie Moellhausen conquista vaga para Tóquio 2020 na esgrima - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Rival ucraniana de Nathalie Moellhausen conquista vaga para Tóquio 2020 na esgrima

Compartilhe
Medalhistas na espada feminina tiram foto no mundial de 2019

Mais três vagas olímpicas foram distribuídas na esgrima neste sábado (24), no primeiro dia de Pré-Olímpico Europeu, disputado em Madri. A ucraniana Olena Kryvytska venceu o torneio na espada feminina, o tcheco Alexander Choupenitch conquistou a vaga no florete masculino e o romeno Iulian Teodosiu superou seus rivais no sabre masculino. A República Tcheca se tornou o 35º país garantido nas disputas de esgrima em Tóquio 2020.


Surte+ Raio-X da Esgrima em Tóquio 2020: confira os 90 atletas de 32 países garantidos pelo ranking


A primeira prova a ser definida foi a da espada feminina e a única top10 mundial que ainda não estava garantida na prova levou sua vaga. Olena Kryvytska, medalhista de bronze nos mundiais de 2017 e 2019 (ao lado de Nathalie no pódio acima) estreou direto nas oitavas e não teve dificuldade de chegar até a final, quando venceu a alemã Alexandra Ndolo, com 15 a 12 para se garantir nos Jogos Olímpicos.


República Tcheca garante primeira vaga na esgrima para Tóquio 2020

A zebra rondou na prova de florete masculino, quando o cipriota Alex Tofalides, apenas 64º do ranking da FIE, superou o polonês Michal Siess (21º do mundo), principal favorito, nas quartas por 15 a 9. Após vencer o ucraniano Klod Yunes (47º), na semi ele enfrentou o tcheco Alexander Choupenitch (26º) em busca por uma vaga inesperada.


Alexander Choupenitch comemora vaga olímpica em tóquio 2020 na esgrima
Esgrimista tcheco divide tempo nas pistas com carreira de sucesso no rap - Foto: Sportegy 

Cabeça 2, Choupenitch venceu todos os seus confrontos na fase de grupo com facilidade, derrotou o austríaco Johannes Poscharnig pela segunda vez no dia nas oitavas (15/12), despachou o turco Martino Minuto, por rápidos 15/4, o sérvio Veljko Cuk (15/9) na semi e não deu margem para surpresa na final, ao derrotar Tofalides por 15 a 6 e carimbar sua vaga.


No sabre masculino, o islandês Andri Nikolaysson Mateev (170º) e o espanhol Inaki Bravo (133º), em casa, quase furaram o G4, mas os quatro cabeças de chave se garantiram nas semifinais. O romeno Iulian Teodosiu (41º) triturou o turco Enver Yildirim (67º) por 15 a 3, e o ucraniano Andriy Yagodka (62º) venceu o britânico William Deary (54º) por 15 a 9.


Surte+ Argélia domina Pré-Olímpico Africano de esgrima, mas Egito e Senegal também levam vagas para Tóquio 2020


Na grande final, melhor para a Romênia que conquistou sua primeira vaga na esgrima masculina. Teodosiu, principal favorito da competição, venceu Yagodka por 15 a 11 fará companha a Ana Maria Popescu, número 1 da espada feminina e uma das rivais de Nathalie Moelhausen pelo ouro olímpico.


No domingo (25), serão disputas as provas de sabre e florete feminino, além de espada masculina. Ainda neste domingo, acontece o pré-olímpico asiático, em Tashkent,Uzbequistão. As últimas vagas da esgrima - salvo convite por tripartite - serão decididas no pré-olímpico americano em São José, capital da Costa Rica. Os esgrimistas Athos Schwantes, Bia Bulcão, Bruno Pekelman e Karina Trois buscarão vagas em Tóquio 2020 no dia primeiro de maio.


Surte+ Gosta de nosso trabalho? Colabore com nosso crowdfunding e Ajude o Surto Olímpico a fazer uma cobertura olímpica direto de Tóquio! 

Foto de topo: Peter Kohalmi / AFP (Mundial de 2019)

Nenhum comentário:

Postar um comentário