Rivais de Milena Titoneli e Ícaro Miguel, Matea Jelic e Maksim Khramtsov vencem Europeu de taekwondo - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Rivais de Milena Titoneli e Ícaro Miguel, Matea Jelic e Maksim Khramtsov vencem Europeu de taekwondo

Compartilhe


A Croácia e a Rússia foram os destaques deste sábado no Campeonato Europeu de Taekwondo, que está sendo disputado em Sofia, na Bulgária. Os países foram responsáveis pela conquista dos ouros nas duas categorias olímpicas do dia: a croata Matea Jelic triunfou na 67kg feminina, enquanto o russo Maksim Khramtsov tornou-se bicampeão continental na 80kg masculina.


Tanto Jelic quanto Khramtsov tiveram disputas de alto nível. Líderes dos rankings mundiais, os dois iniciaram suas jornadas nas oitavas de final, passando por quatro lutas até ficar com o título. Na final, Matea venceu a britânica Lauren Willians, que foi campeã em 2018, por 13 a 10. Já Khramtsov derrotou o azeri Milad Beigi no golden score da decisão. 

 

Ambos os campeões já estão garantidos nos Jogos Olímpicos de Tóquio e se encontraram com adversários que também têm vaga olímpica assegurada. O detalhe é que seis dos sete europeus já classificados entre os dois pesos subiram ao pódio neste sábado. O único destes que não medalhou foi o também croata Toni Kanaet, que parou nas quartas de final da 80kg após encontrar Khramtsov pelo caminho.


Além de Matea Jelic e Lauren Willians, a turca Nur Tatar possui vaga olímpica na categoria até 67kg e foi bronze.  A outra medalhista foi a francesa Magda Wiet-Hénin, que vai disputar o Pré-Olímpico continental, no próximo mês. Já entre os homens, além de Maksim Khramtsov e Milad Beigi, o espanhol Raúl Martínez tem passaporte carimbado a Tóquio-2020 e também ficou com o bronze. A outra medalha ficou com o italiano Simone Alessio, ainda sem vaga.


Cabe destacar que essas duas categorias são as mesmas em que competem os brasileiros Milena Titoneli e Ícaro Miguel, também classificados à Olimpíada. Portanto, esses mesmos atletas estarão nos caminhos dos brasileiros no torneio olímpico de Tóquio-2020. Vale lembrar que cada chave olímpica terá apenas 16 representantes.


A turca Irem Yaman também têm vaga olímpica assegurada e competiu neste sábado. Ela, porém, está classificada na categoria até 57kg, que foi disputada ontem e vencida pela britânica Jade Jones, mas se inscreveu na categoria até 62kg (não-olímpica), defendendo seu bicampeonato no peso. Sua sequência de títulos foi quebrada pela croata Bruna Vuletic, que derrotou a bósnia Marija Stetic na final. A turca ficou com o bronze, ao lado da russa Kristina Prokudina


Surpreendendo, o polonês Karol Robak faturou o ouro na outra categoria não-olímpica disputada no dia, a até 74kg masculina. Ele era apenas o 13º atleta mais bem ranqueado do torneio e passou pelo cabeça de chave 4, Farzad Folghari (BUL), nas oitavas, e pelo cabeça 1, Daniel Quesada (ESP), na semi. Após as "pedreiras", bateu uma surpresa na decisão: o bósnio Nedzac Husic, que passou pelo cabeça 2, Badr Achab (BEL) na semifinal. 


Encerradas as disputas do terceiro dia de competições, com 12 categorias já disputadas, a Rússia segue na liderança do quadro de medalhas, com três ouros, uma prata e três bronzes. Com os dois títulos conquistados neste sábado, a Croácia assumiu a segunda colocação, com três medalhas douradas. Além dos dois países e da Polônia, Espanha, Turquia, Grã-Bretanha, França e Hungria também já subiram no lugar mais alto do pódio.


O Campeonato Europeu será encerrado neste domingo (11), com as quatro categorias mais pesadas do taekwondo: -73kg e +73kg para mulheres e -87kg e +87kg para homens. Nenhuma delas é oficialmente olímpica, já que a categoria disputada em Jogos Olímpicos é a +67kg feminina e a +80kg masculina. Ainda assim, oito atletas já garantidos em Tóquio estão inscitos no campeonato.


Surte +: Confira o que de melhor aconteceu no segundo dia de disputas


Foto de capa: Divulgação/World Taekwondo

Nenhum comentário:

Postar um comentário