Mundial de Tênis de Mesa é confirmado para novembro, nos Estados Unidos - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Mundial de Tênis de Mesa é confirmado para novembro, nos Estados Unidos

Compartilhe


A Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF) aprovou nesta terça-feira (13) o novo cronograma da próxima edição de seu Campeonato Mundial Individual. Com sede em Houston, nos Estados Unidos, a competição será disputada entre 23 e 29 de novembro deste ano. 


Carro-chefe da ITTF, o torneio estava originalmente marcado para o início de 2021, mas precisou ser adiado por conta das mudanças geradas pela pandemia do coronavírus, que tornou o calendário da modalidade apertado antes dos Jogos Olímpicos de Tóquio


Confirmadas as datas, o Mundial Individual segue o caminho oposto ao Mundial por Equipes de Tênis de Mesa, que estava agendado a princípio para março do ano passado e chegou a ser adiado em três oportunidades antes de ser cancelado. O CEO da ITTF, Steve Dainton, não negou seu alívio por espantar a chance de perder suas duas principais competições de uma vez.


“É uma ótima notícia confirmar o evento de 2021. Depois que o evento do Campeonato Mundial de 2020 em Busan, na Coreia, foi cancelado, era muito importante encontrar soluções para o evento de 2021. Desde que Houston, EUA, foi premiada com o evento, todo o mundo do tênis de mesa está animado por ter o evento pela primeira vez nos Estados Unidos da América ”, afirmou Dainton.


O Campeonato Mundial Individual é composto por cinco torneios: dois de simples, entre masculino e feminino, e três de duplas, incluindo as mistas. Cada chave individual reúne 128 atletas, enquanto as duplas possuem 64 parcerias. 


Pelo limite de até quatro atletas por país em cada uma das disputas, a China costuma dominar a competição. Na última edição, realizada em Budapeste, na Hungria, em 2019, o país conquistou a medalha de ouro nos cinco torneios. Ma Long e Liu Shiwen triunfaram em simples. 


Apesar de ser sua maior vitrine, a ITTF cogita extinguir as próximas edições dos Mundiais Individuais, mantendo apenas a competição por equipes. A entidade passa por um processo de reformulação em seu calendário e implementou um novo circuito em 2021, o WTT. Nele, estão previstos os "Grand Smashes", competições que se assemelham aos Grand Slam do tênis em nível de importância. Assim, acabar com o Campeonato Mundial pode aumentar ainda mais a relevância destes torneios.


Surte + Relembre: Japão domina abertura do WTT; Hugo Calderano cai de forma precoce


Foto de capa: Remy Gros/ITTF

Nenhum comentário:

Postar um comentário