Tomokazu Harimoto e Mima Ito faturam torneios de simples do WTT Star Contender de Doha - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Tomokazu Harimoto e Mima Ito faturam torneios de simples do WTT Star Contender de Doha

Compartilhe


O Japão dominou as chaves individuais do WTT Star Contender de Doha (QAT), que foi encerrado neste sábado (13). Tomokazu Harimoto e Mima Ito confirmaram seus favoritismos como cabeças de chave número 1 e triunfaram em seus respectivos torneios. Nas duplas, a Coreia do Sul conquistou dois títulos, enquanto Taiwan faturou as mistas.


Depois de ter ficado em terceiro lugar no WTT Contender, disputado na última semana, Harimoto conseguiu se reerguer para sair da bolha catari com um título. Número 5 do mundo, ele venceu cinco jogos para ser campeão, incluindo o alemão Ruwen Filus (42º), por 4 a 2 (11-9, 11-9, 12-14, 11-5, 7-11 e 11-8), na grande decisão.


Por ser o atleta mais bem ranqueado do torneio, o japonês estreou já na segunda rodada. Ele venceu seus três adversários iniciais, disputados em melhor de cinco games, por 3 a 0: o indiano Sathiyan Gnanasekaran (37º), o nigeriano Quadri Aruna (21º) e o sul-coreano Jeoung Youngsik (13º). Na semifinal, já em sete games, numa revanche contra o alemão Dimitrij Ovtcharov, campeão do WTT Contender, venceu por 4 a 2.


Mima Ito, por sua vez, triunfou pela segunda vez consecutiva no Catar. Assim como Harimoto, ela, que é a segunda colocada do ranking mundial, iniciou sua trajetória só na fase de 16 avos e precisou de cinco jogos para vencer o WTT Star Contender, tendo perdido apenas três games em toda a competição. 


Primeiro, a japonesa passou pela indiana Manika Batra (63ª), por 3 a 0. Depois, venceu a compatriota Satsuki Odo (103ª), também por 3 a 0. Nas quartas, derrotou a porto-riquenha Adriana Diaz (18ª), por 3 a 1. Na semi, bateu a sul-coreana Jeon Jihee (15ª), por 4 a 1, e decretou o título com vitória sobre Feng Tianwei (12ª), por 4 a 1, na decisão.


Domínio semelhante ao do Japão nas chaves de simples foi visto pela Coreia do Sul nos torneios de duplas. O país venceu a disputa masculina com Lee Sangsu/Jeoung Youngsik, que passaram por quatro jogos - incluindo os brasileiros Gustavo Tsuboi e Vitor Ishiy na estreia -, deixando o espanhol Alvaro Robles e o romeno Ovidiu Ionescu com o vice.


Entre as mulheres, o triunfo foi de Shin Yubin/Jeon Jihee, cabeças de chave número 4. Em seu caminho, elas derrotaram as duas parcerias mais bem ranqueadas da competição, vindas do Japão, ambas por 3 a 0: Satsuki Odo/Sakura Yokoi (2ª) na semifinal e Miu Hirano/Kasumi Ishikawa (1ª) na decisão. 


A Coreia ainda teve a chance de conquistar um terceiro título, nas duplas mistas, mas Jeon Jihee/Lee Sangsu acabaram derrotados na final pelos taiwaneses Cheng-I-Ching/Lin Yun-Ju. Os brasileiros Vitor Ishiy/Bruna Takahashi participaram da competição, mas pararam nas quartas de final, ficando a uma vitória do "pódio". 


Outros bons desempenhos brasileiros foram vistos nas chaves individuais. Bruna Takahashi e Gustavo Tsuboi venceram duas partidas e chegaram até as oitavas de final em seus torneios. Hugo Calderano, cabeça de chave número 2, também parou nas oitavas, mas ficou com sentimento de frustração, já que vencia sua partida por 2 a 0 e teve dois match points para fechá-la.


Foto de capa: Divulgação/WTT

Nenhum comentário:

Postar um comentário