Jovem uzbeque se garante em Tóquio 2020; Quirguistão e Singapura levam primeiras vagas na esgrima - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Jovem uzbeque se garante em Tóquio 2020; Quirguistão e Singapura levam primeiras vagas na esgrima

Compartilhe

Sherzod Mamutov segura bandeira do Uzbequistão ao vencer pré-olímpico

Com apenas 18 anos, Sherzod Mamutov foi o destaque do primeiro dia do Pré-Olímpico da Ásia e Oceania de Esgrima disputado em Tashkent, ao levar uma das vagas em disputa para o país-sede. Roman Petrov, do Quirguistão, e Amita Berthier, de Singapura, também levaram as primeiras vagas olímpicas para seus países no esporte. Até  o fim da manhã deste domingo (25), esgrimistas de 37 países estão garantidos em Tóquio. O torneio continuará amanhã na capital uzbeque. 


Surte+ Gosta de nosso trabalho? Colabore com nosso crowdfunding e Ajude o Surto Olímpico a fazer uma cobertura olímpica direto de Tóquio! 


Vaga surpreendente para o país-sede no sabre masculino

O jovem Sherzod Mamutov, 138º do mundo e com 18 anos aproveitou bem o fato de jogar em casa para surpreender e levar a vaga no sabre masculino. Ele foi apenas 36º colocado no mundial juvenil que aconteceu no início do mês no Cairo, enquanto o seu compatriota Bobirjon Rasulov levou a medalha de prata


Neste domingo Mamutov fez valer sua condição de melhor sabrista adulto do país. Ele fez uma poule nervosa ganhando dos representantes de Iraque, Índia e Cingapura por 5 a 4, perdendo para o vietnamita Thanh An Vu (49º), cabeça 2 da competição por 5 a 3 e conseguindo vitórias mais tranquilas diante de Low Ho Tin (68º), de Hong Kong (5 a 3), cabeça 3, e do saudita Ahmed Alqudihi (5 a 2).

Sherzod Mamutov comemora vaga para uzbequistão na esgrima


138º melhor do mundo, o uzbeque superou novamente Choy Yu Yong (144º), de Singapura nas quartas por 15 a 7. Principal cabeça de chave, Yousef Alshamlan (46º) de Kuwait perdeu nas quartas para o tailandês Voragun Srinualnad (80º).


Na semifinal, Mamutov venceu o cazaque Nazarbay Sattarkhan (130º) por 15 a 8 enquanto Low derrotou Srinualnad por 15 a 10. Na grande final, Mamutov não deu chances para Low e garantiu a segunda vaga para o país em Tóquio, se juntando a Malika Khakimova, da espada feminina.


Uzbequistão quase leva nova vaga, mas desperdiça MP na final

Pelo florete feminino, a uzbeque Yana Alborova, 54ª melhor do mundo, era a principal favorita, mas perdeu na final para Amita Berthier, de Singapura. Berthier, 60º melhor do mundo, tem 20 anos e é bicampeã dos Jogos do Sudeste Asiático, já venceu uma Copa do Mundo Juvenil. Alborova, prata nos Jogos Europeus de 2015, defendia a Rússia até que mudou de nacionalidade neste ciclo olímpico.

Amita Berthier, de Singapura, comemora vaga olímpica na esgrima com seu técnico
Esgrimista comemora com seu técnico  Amgad Khazbak - Foto: Fencing Singapore


Berthier foi a segunda melhor da poule, perdendo apenas por 5 a 4 para a filipina Samantha Kyle Catantan (134ª). Nas quartas. venceu a indiana Radhika Prakash Awati  (197ª) por 15-3 e a libanesa Mona Shaito (156ª) por 15 a 4, antes de passar por um sufoco diante de Albarova, vencendo por apertados 15 a 14. 

Amita é a primeira esgrimista do país de todos os gêneros a classificar diretamente para os Jogos Olímpicos, sem precisar de um convite. Será a primeira vez desde 1992 que o país estará representado na esgrima olímpica.


Favorito do Vietnã cai na final para atleta de Quirguistão

Na última disputa, Roman Petrov (170º), do Quirguistão, conquistou o visto olímpico ao derrotar na final o vietnamita Tien Nhat Nguyen (62º), principal favorito do torneio, por 15 a 12.


Petrov venceu todas suas disputas na poule, e derrotou o indiano Sunil Kumar (218º) nas quartas por 15-13, antes de superar o uzbeque Fayzulla Alimov (99º) pelo mesmo placar. 


Nesta segunda-feira (26), as outras três categorias serão disputadas em Tashkent ao fim do pré-olímpico da Ásia e Oceania. Ainda hoje, o pré-olímpico europeu que está sendo disputado em Madri chega ao fim. 


Para completar as últimas vagas diretas para a esgrima, São José, em Costa Rica, receberá o Pré-Olímpico das Américas, com Athos Schwantes, Bia Bulcão, Bruno Pekelman e Karina Trois buscando se juntar a Guilherme Toldo e Nathalie Moellhausen na equipe olímpica brasileira.


Surte+ Rival ucraniana de Nathalie Moellhausen conquista vaga para Tóquio 2020 na esgrima

Fotos de Mamutov: Anvar Ilyasov, Sergey Danilov / Federação Uzbeque de Esgrima

Nenhum comentário:

Postar um comentário