Bia Haddad e Carol Meligeni avançam às quartas do W25 de Córdoba; Pucinelli também segue - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Bia Haddad e Carol Meligeni avançam às quartas do W25 de Córdoba; Pucinelli também segue

Compartilhe


O tênis feminino brasileiro teve um bom dia nesta quinta-feira (08), no W25 de Córdoba, na Argentina. Beatriz Haddad Maia e Carolina Meligeni Alves venceram e avançaram às quartas de final do torneio de simples. Já Ingrid Gamarra/Laura Pigossi e Rebeca Pereira, com sua parceira chilena Barbara Gatica, se garantiram nas semifinais da chave de duplas. Entre os homens, pelo M15, Matheus Pucinelli também avançou no individual.


Carol Meligeni (344ª) foi quem teve o desafio mais duro desta quinta-feira, enfrentando uma de suas maiores rivais, a paraguaia Verônica Cepede Royg (181ª), cabeça de chave número 1, que foi responsável por sua eliminação no torneio do W25 de Villa María, na última semana. Em Córdoba, a brasileira saiu vitoriosa após mais de três horas de partida, em 2 sets a 1, com parciais de 5/7, 6/3 e 7/5.



Bia Haddad (294ª) teve mais facilidade ao passar pela espanhola Yvonne Cavalle-Reimers (432ª), vencendo por 2 sets a 0 (6/3 e 6/4), em 1h47m de duelo. Na próxima fase, a paulista enfrentará outra espanhola, Maria Gutierrez Carrasco (522ª), que foi responsável pela eliminação da tenista número 1 do Brasil, Gabriela Cé (255ª), nesta quinta, em 6/4 e 6/2. Meligeni, por sua vez, terá a suíça Conny Perrin (276ª) pela frente.


Além das disputas individuais, o tênis brasileiro também teve um grande dia nas duplas. A parceria formada por Ingrid Gamarra Martins e Laura Pigossi passou pelas argentinas Victoria Bosio/Maria Lourdes Carle com 10-8 no tiebreak e avançou às semifinais, onde enfrentará a russa Amina Anshba e a húngara Panna Udvardy


Também garantida entre as quatro melhores duplas do torneio está Rebeca Pereira. Jogando ao lado da chilena Barbara Gatica, a parceria derrotou com tranquilidade a francesa Carole Monnet e a búlgara Ani Vangelova em 6/2 e 6/1. Buscando um lugar na final, as latinas enfrentarão a colombiana Yuliana Lizarato e a italiana Aurora Zantedeschi.


Ainda em Córdoba, mas pelo torneio ITF 15 masculino, Matheus Pucinelli (578º) é o único brasileiro que ainda segue na competição. Cabeça de chave número 8, ele venceu o local Franco Emanuel Egea (825º), por 2 sets a 0 (6/3 e 6/2), e chegou às quartas de final de simples. Já nesta sexta-feira, enfrentará outro argentino, Santiago Fa Rodriguez Taverna (552º), terceiro cabeça de chave.


M15 de Monastir

Pelo M15 de Monastir, na Tunísia, os dois brasileiros remanescentes na chave de simples foram eliminados. Cabeça de chave número 5, Mateus Alves (516º) perdeu para o alemão Christoph Negritu em duplo 6/4. Já Pedro Boscardin Dias caiu para o francês Antoine Escoffier (392º), tenista mais bem ranqueado da competição, por 2 sets a 0, em parciais de 6/1 e 6/2.


Por outro lado, a parceria verde-amarela, formada por Mateus Alves e Igor Marcondes, chegou nas semifinais do torneio de duplas, após baterem o suíço Mirko Martinez e o tunisiano Aziz Ouakaa, com um 10-2 no match tiebreak (6/7[3], 6/2 e 10-2). Por um lugar na final, os brasileiros, cabeças de chave número 2, enfrentarão o polonês Michal Dembek e o alemão Robert Strombachs, cabeças 3.


Foto de capa: Divulgação/BloomingCup

Nenhum comentário:

Postar um comentário