Em retorno à elite do sabre mundial, times do Brasil perdem na estreia da Copa do Mundo de Budapeste - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Em retorno à elite do sabre mundial, times do Brasil perdem na estreia da Copa do Mundo de Budapeste

Compartilhe
Brasil sabre esgrima femino Lakerbai pekelman trois chierighinni


O Brasil encerrou na manhã deste domingo (14) sua participação na Copa do Mundo de Sabre, disputada em Budapeste (HUN). O time feminino, composto por Karina Trois, Luana Pekelman e Pietra Chierighini, perdeu para a Polônia por 45 a 28 e terminou em 25º lugar, enquanto o time masculino, com Bruno Pekelman, Henrique Garrigos, Matheus Becker e Enrico Pezzi foi derrotado por 45 a 20 para o Egito, sendo o 24º melhor geral.

Foi a primeira participação de uma equipe de sabre em torneio mundial masculino de 2016. O Brasil é apenas 32º colocado no ranking por equipes feminino e 37º no ranking por equipes masculino, em parte por não ter disputado vários torneios. Por isso, a participação é importante, especialmente porque na esgrima não existe sorteio de chaves, sendo necessário um ranqueamento melhor para enfrentar adversários mais acessíveis, e deste modo subir mais ainda no ranking.

Ainda na madrugada brasileira, o time feminino enfrentou a Polônia, que ainda busca a vaga olímpica e conquistou a vitória por 45 a 28. O Brasil entrou aparentemente com nervosismo e viu as europeias abrirem 25 a 7, mas conseguiram se recuperar e diminuir o marcador para 45 a 28. 

Pietra Chierighini, que já havia conquistado o melhor resultado individual contribuiu com 11 toques, um a mais que Karina Trois, líder do ranking nacional e representante do país no pré-olímpico da modalidade. As duas chegaram a fazer oito toques cada uma diante da polonesa Zuzanna Cieslar. Luana Pekelman foi mais regular nos seus três embates e fez 7 toques. O Brasil terminou em 25º lugar.


Confira o andamento da partida:

Brasil 1x5 Polônia - Karina Trois 1x5 Sylwia Matuszak
Brasil 3x10 Polônia - Luana Pekelman 2x5 Zuzanna Cieslar
Brasil 3x15 Polônia - Pietra Chierighini 0x5 Angelika Wator
Brasil 6x20 Polônia - Luana Pekelman 3x5 Sylwia Matuszak
Brasil 7x25 Polônia - Karina Trois 1x5 Angelika Wator
Brasil 15x30 Polônia - Pietra Chierighini 8x5 Zuzanna Cieslar
Brasil 17x35 Polônia - Luana Pekelman 2x5 Angelika Wator
Brasil 20x40 Polônia - Pietra Chierighini 3x5 Sylwia Matuszak
Brasil 28x45 Polônia - Karina Trois 8x5 Zuzanna Cieslar


sabre team world cup copa do mundo brasil pekelman pezzi becker fencing boys garrigos

Algumas horas mais tarde foi a vez do esquadre masculino entrar em pista, mas o resultado foi mais largo ainda, com vitória do Egito, já classificado para os Jogos Olímpicos, por 45-20. Depois de um início promissor, em que Henrique Garrigos chegou a liderar o Brasil por 3 a 2, logo se viu uma superioridade do time egípcio, um dos dez melhores do mundo.

Todos os egípcios venceram no confronto direto e o time africano manteve uma larga folga durante todo o confronto. O Brasil terminou em 24º lugar. Enrico Pezzi sofreu uma lesão na parte posterior da coxa nas eliminatórias individuais e desfalcou a equipe nacional.


Confira o andamento da partida:

Brasil x Egito - Henrique Garrigos 3x5 Mohamed Amer
Brasil x Egito - Bruno Pekelman 3x5 Mohab Samer
Brasil x Egito - Matheus Becker 3x5 Ziad Elsissy
Brasil x Egito - Henrique Garrigos 1x5 Mohab Samer
Brasil x Egito - Matheus Becker 1x5 Mohamed Amer
Brasil x Egito - Bruno Pekelman 2x5 Ziad Elsissy
Brasil x Egito - Matheus Becker 3x5 Mohab Samer
Brasil x Egito - Henrique Garrigos 3x5 Ziad Elsissy
Brasil x Egito - Bruno Pekelman 2x5 Mohamed Amer


Confira mais tarde aqui no Surto Olímpico novas notícias dos resultados feminino e masculino da Copa do Mundo de Sabre, em Budapeste e a definição ainda hoje das primeiras 30 vagas olímpicas da esgrima, além dos prognósticos para os pré-olímpicos continentais que darão mais quatro locais em Tóquio, e as chances de Bruno Pekelman e Karina Trois pelo Brasil.

Foto: CBE / Augusto Bizzi - FIE

Nenhum comentário:

Postar um comentário