Itambé/Minas vence mais uma e segue na liderança da Superliga feminina de vôlei - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Itambé/Minas vence mais uma e segue na liderança da Superliga feminina de vôlei

Compartilhe

O Itambé/Minas segue fazendo vítimas na Superliga feminina de vôlei. Nesta terça-feira (26), o time do Minas venceu o São Paulo/Barueri por 3 sets a 0 (25/20, 25/17 e 25/20) em partida realizada na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG). O jogo abriu a quinta rodada do returno da competição.

A levantadora  Macris ficou com o Troféu Viva Vôlei da partida por sua boa distribuição de bolas. A oposta Danielle Cuttino saiu como maior pontuadora após marcar 18 vezes. Pelo São Paulo Barueri o destaque ficou por conta da também oposta Lorrayna que, mesmo jogando apenas um set como titular, marcou 11 pontos.

A vitória faz o time mineiro permanecer na liderança da competição com 13 triunfos em 14 partidas e 39 pontos acumulados. Enquanto isso, o São Paulo/Barueri se encontra na sexta colocação com oito vitórias e 23 pontos.

Times iniciais

Itambé/Minas: Pri Daroit, Megan Easy, Danielle Cuttino, Thaisa, Carol Gattaz, Macris e Leia (L). Entraram: Kasiely e Lara Nobre

São Paulo/Barueri: Karina, Maira, Kisy, Lorena, Diana, Jacke e Nyeme (L). Entraram: Glayce, Lorrayna, Dani Terra e Kenya.

Surte +  Liga das Nações de Vôlei 2021 será disputado no conceito de bolha

O Jogo

O volume de jogo inicial das duas equipes foi logo quebrado em bom saque de Danielle Cuttino pra cima da líbero Nyeme, quebrando o passe da segunda melhor recepção da Superliga feminina e marcando 7 a 5 para as mineiras. Ainda no início do jogo o São Paulo cresceu e abriu 11 a 8 em ataque finalizador de Maira após longo rali. Mas a equipe da casa voltou a sacar bem, abriu pequena vantagem e se segurou no final do set para fechar em 25 a 20 após ataque de Thaisa pelo meio.

No segundo set o Minas logo abriu 4 a 1 em ace de Macris, começando de forma diferente a segunda parcial. O São Paulo Barueri encostou após tempo técnico pedido por Zé Roberto Guimarães, mas os erros voltaram a surgir, o time paulista bateu cabeça e foi assistindo ao Minas ser comandado pela oposta Cuttino, que fechou a parcial em 25 a 17.

Para a terceira parcial o São Paulo/Barueri veio com mudanças, com Lorrayna e Glayce entrando na equipe titular e ajudando a equipe equilibrar o jogo até o meio da parcial em 15 a 15. Mas com Macris inspirada e Cuttino colocando todas as bolas no chão, o Minas fechou o jogo em mais um 25 a 20 e 3 sets a 0.

Foto em destaque: Orlando Bento/MTC

Nenhum comentário:

Postar um comentário