Imprensa russa afirma que campeão mundial dos 110m com barreiras Sergey Shubenkov foi pego no exame antidoping - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Imprensa russa afirma que campeão mundial dos 110m com barreiras Sergey Shubenkov foi pego no exame antidoping

Compartilhe

Segundo o portal de notícias NEWSru, o atleta Sergey Shubenkov  - campeão mundial em 2015 e vice-campeão em 2017 e 2019 no 110m com barreiras - foi pego no exame antidoping e tentou esconder utilizando uma outra droga. Ainda de acordo com o imprensa russa, a informação seria de uma fonte ligada a Federação Russa de Atletismo (RusAF).

"Para eliminar um pouco o doping ele tomou furosemida, um fármaco de encobrimento que lubrifica a ação da droga proibida", disse a fonte a NEWSru.

Conforme a fonte, uma especialista da Agência Antidopagem Russa (RUSADA), já passou a informação para os chefes da World Athletics que controlam a restauração da RusAF.

"Não comentamos informações que nem mesmo temos. Se algo aparecer, iremos publicá-lo imediatamente em nosso site", disse a RusAF quando procurada pela NEWSru.

A crise do atletismo russo parece não ter fim. Em setembro de 2020, a World Athletics deu um prazo até março de 2021 para a Federação Russa de Atletismo restaurar a entidade com um protocolo de combate ao doping. Os atletas russos seguem competindo sob bandeira neutra.

Em dezembro a Corte Arbitral do Esporte (CAS) determinou que a punição da Agência Mundial Antidoping (WADA) de quatro anos deveria ser reduzida pela metade. Com isso, os atletas russos seguem proibidos de competirem com sua bandeira até pelo menos 2022.

Com 30 anos, Shubenkov é o único atleta velocista russo dos 110m com barreiras a medalhar em campeonatos mundiais.

Foto em destaque: AP

Nenhum comentário:

Postar um comentário