World Athletics estende até março de 2021 prazo para Rússia finalizar plano de combate ao doping - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

World Athletics estende até março de 2021 prazo para Rússia finalizar plano de combate ao doping

Compartilhe

 


A World Athletics, órgão que regulamenta o atletismo em todo o mundo, mudou para março de 2021 o prazo final para que a Rússia conclua seu plano de combate ao doping. O acordo previa a entrega do projeto no dia 30 de setembro deste ano. No entanto, a entidade recebeu uma recomendação de sua Força-Tarefa, que revelou que a Federação Russa de Atletismo (RusAF) não teria recursos para entregar algo "apropriado". 


"A principal razão para a recomendação da Força-Tarefa é que ela acredita que a RusAF atualmente não tem os recursos disponíveis para produzir um plano detalhado e apropriado para seu restabelecimento, que inclui os elementos exigidos pelo Conselho", disse a World Athletics em nota divulgada no último sábado.


"Esses requisitos são: introduzir em todo o atletismo russo (incluindo treinadores e pessoal de apoio contratado pelo Centro de Preparação para Esportes e / ou através dos Ministérios do Esporte regionais) uma cultura de tolerância zero para o doping; e reabilitar a RusAF para que se torne um aliado de confiança da World Athletics na luta pelo esporte limpo".


Vale lembrar que anteriormente a World Athletics havia dito que a RusAF poderia ser expulsa da associação caso não elaborasse um projeto de tolerância zero ao doping. A entidade russa entregou um plano preliminar em agosto e deveria modificar diversas partes do documento até 30 de setembro, cumprindo assim com as solicitações exigidas.


A Força-Tarefa da World Athletics reportou ainda que a falha no processo de formulação do plano não ocorreu por uma "falta de vontade", mas sim a uma falta de conhecimento, métodos e recursos. 


"Atualmente, há uma lacuna na RusAF - eles não têm conselho, nenhuma gerência sênior e contam com poucos funcionários experientes. Eles precisam preencher esse vazio urgentemente com pessoas que compartilham a visão de mudar a cultura da organização e do esporte, e que têm as habilidades para fazer isso".


A RusAF deverá eleger um novo presidente em novembro. O empresário Yevgeny Yurchenko assumiu o cargo fevereiro, mas renunciou em julho, depois que a federação perdeu o prazo para pagar uma multa à World Athletics. Yurchenko está de volta agora como presidente interino depois que o Ministério do Esporte da Rússia forneceu dinheiro para pagar a multa.


Foto: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário