Yoshihide Suga é o novo primeiro-ministro do Japão - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Yoshihide Suga é o novo primeiro-ministro do Japão

Compartilhe

O país-sede da próxima edição dos Jogos Olímpicos de Verão já tem um novo líder. Yoshihide Suga, de 71 anos, foi escolhido pelo Parlamento japonês nesta quarta-feira para ser o primeiro-ministro da nação, sucedendo Shinzo Abe, que renunciou do cargo no final de agosto, por problemas de saúde.

Ex-chefe de gabinete do governo de Abe, Suga foi eleito líder do Partido Liberal Democrata (PLD) na última segunda-feira. Nesta quarta, ele recebeu 67% de aprovação Câmara dos Representantes (espécie de Câmara dos Deputados) e 58% da Câmara dos Conselheiros (espécie de Senado) para ocupar a posição máxima executiva do Japão.

Ele finalizará o mandato de Abe, permanecendo no cargo até setembro de 2021, quando estão marcadas as próximas eleições nacionais do país. Entre as principais pautas do novo governo, estão a reestruturação da economia do país, abalada pela pandemia do coronavírus, e, principalmente, a reorganização da Olimpíada de Tóquio, adiada para o ano que vem.

Tão logo soube do resultado da votação, o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, publicou uma carta felicitando a eleição do novo primeiro-ministro e mostrou confiança em seguir com os planejamentos dos Jogos do próximo ano.


"Parabenizo SUGA Yoshihide por se tornar o primeiro-ministro do Japão. Desejo a ele tudo de bom, para ele pessoalmente e para o povo japonês. Ao mesmo tempo, gostaria de agradecer muito ao primeiro-ministro SUGA Yoshihide pelo compromisso que ele já expressou para a segurança e o sucesso dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, no próximo ano", disse o alemão.

"Estou certo de que, com este apoio pessoal contínuo do primeiro-ministro, os Jogos Olímpicos serão a luz no fim do túnel escuro em que a humanidade se encontra atualmente", seguiu.

"Os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 enviarão um poderoso sinal de esperança e resiliência ao mundo - e o COI estará ao lado do Japão em cada etapa do caminho", finalizou o presidente.



Assim como Bach, Andrew Parsons, presidente do Comitê Paralímpico Internacional (IPC), mostrou-se feliz com a escolha do japonês.

"O Sr. Suga, junto com o governo do Japão, sempre forneceu um apoio maravilhoso ao projeto Tóquio 2020, desde a fase de licitação até os dias atuais. Estamos todos ansiosos para trabalhar com ele e seu governo para garantir a entrega segura dos Jogos do próximo ano", disse o brasileiro.

A Olimpíada de Tóquio está prevista para acontecer de 23 de julho a 8 de agosto de 2021, sendo sucedida pela Paralimpíada, com previsão para ocorrer entre 24 de agosto e 5 de setembro.

Surte +: Para simplificar a Olimpíada de Tóquio, japoneses esperam acordar itens com o COI até o final do mês

Foto de capa: Koji Sasahara/AP Photo

Nenhum comentário:

Postar um comentário