Minnesota Lynx é varrido pelo Seattle Storm e Damiris Dantas se despede da WNBA - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Minnesota Lynx é varrido pelo Seattle Storm e Damiris Dantas se despede da WNBA

Compartilhe


Não deu para o Minnesota Lynx. Neste domingo, a equipe sofreu nova derrota para o Seattle Storm, agora por 92 a 71, e foi varrido da série semifinal da WNBA. Damiris Dantas deu adeus à liga com mais uma boa atuação, tendo anotado 16 pontos. Agora, o Storm espera o vencedor do confronto entre Connecticut Sun e Las Vegas Aces, que farão o jogo 5 da série semifinal na terça-feira.


Foi mais um jogo irreconhecível do Lynx, que já no primeiro quarto tinha uma desvantagem de 12 pontos e precisou correr atrás do placar durante todo o tempo. Napheesa Collier foi a maior pontuadora da equipe, com 22 pontos, e a maior reboteira do jogo, com 15 rebotes. Além de Damiris, Crystal Dangerfield fez 16 pontos.


Pelo lado do Storm, mais uma vez Breanna Stewart fez a diferença para a equipe, tendo anotado 31 pontos, sete assistências e seis rebotes. Contando as três partidas da série contra o Lynx, a ala-pivô teve uma média de 23 pontos por jogo, oito rebotes e 5,7 assistências. Nesse jogo 3, Sue Bird foi a segunda maior pontuadora do Storm, também com 16 tentos.



Damiris se despediu da WNBA com 35 minutos em quadra neste domingo, com 16 pontos, sete rebotes e quatro assistências. Ela encerra a temporada com seu melhor desempenho em seis anos de liga, tendo iniciado as 22 partidas da temporada regular como titular e uma média de 26,6 minutos jogados, com 12,9 pontos, 6,1 rebotes e 2,6 assistências por jogo. A ala-pivô também participou dos quatro duelos de playoffs e fez uma pontuação de dois dígitos em todos (22, 11, 23 e 16).


A brasileira ainda bateu recordes pessoais nesta temporada, com as maiores quantidades de pontos e de rebotes anotados em um único jogo. Nos 28 pontos anotados no duelo contra o Chicago Sky, ela tornou-se a maior pontuadora estrangeira do Lynx em toda a história. Os 13 rebotes pegos contra o Dallas Wings fizeram-na conquistar um duplo-duplo (18 pontos). 


O Storm vai em busca de seu quarto título na WNBA. Seu adversário da finalíssima ainda não foi definido e virá do confronto entre Las Vegas Aces e Connecticut Sun, que disputarão o jogo 5 da série na próxima terça-feira. O Sun liderava o confronto em 2 a 1 e tinha o match point, mas o Aces conseguiram o empate com uma vitória neste domingo. 



O jogo

Damiris iniciou o jogo matando duas bolas de três e liderou a corrida inicial do Lynx. Mas, depois de ter 8 a 7 a favor, a equipe apagou e sofreu 17 pontos seguidos, encerrando o quarto com a desvantagem de 24 a 12 no placar.


O segundo período continuou com largo domínio do Storm. Sem conseguir se achar no duelo, o Minnesota foi para o intervalo com uma desvantagem de 15 pontos (46 a 31). Damiris era a cestinha do time com 12 pontos. 


Na volta dos vestiários, o Lynx ameaçou uma reação, chegando a diminuir a desvantagem para sete, mas logo sofreu voltou a desandar. A equipe cometeu muitos erros, mas também foi beneficiada com falhas das adversárias, o que impediu uma vantagem ainda maior. O terceiro período foi encerrado em 64 a 51.


Sem forças para lutar, o Lynx foi atropelado no quarto final do duelo, com parcial de 28 a 20, e acabou varrido da série, em 92 a 71.


Foto de capa: Reprodução/Twitter_@wnba

Nenhum comentário:

Postar um comentário