Damiris Dantas faz primeiro duplo-duplo da temporada e Lynx chega à terceira vitória consecutiva na WNBA - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Damiris Dantas faz primeiro duplo-duplo da temporada e Lynx chega à terceira vitória consecutiva na WNBA

Compartilhe


Damiris Dantas segue fazendo história na WNBA. A brasileira anotou seu primeiro duplo-duplo da temporada nesta sexta-feira (04), marcando 18 pontos e pegando 13 rebotes na vitória do Minnesota Lynx sobre o Dallas Wings, por 88 a 75. Ela ainda foi a cestinha da equipe e bateu seu recorde pessoal de rebotes pegos em um único jogo da liga americana.

Em um confronto cheio de reviravoltas, o coletivismo do Lynx se sobressaiu sobre o individualismo do Wings, e o time chegou à terceira vitória consecutiva (a 13ª na temporada regular). As cinco titulares da equipe de Minnesota anotaram mais de dez pontos, e Damiris dividiu o protagonismo da noite com Napheesa Collier, que fez 14 pontos e pegou 14 rebotes.

Nos pontos, a brasileira só ficou atrás de Alisha Gray, do Dallas, que fez 26, com um aproveitamento de 60% dos arremessos de quadra (9/15). A nível de comparação, Damiris conseguiu 18 pontos, mas não teve seu melhor desempenho nos arremessos, encerrando o jogo com 40% (6/15) e 50% nas bolas de três (2/4).

Este foi o sexto duplo-duplo da brasileira na WNBA, o quinto com a camisa do Minnesota Lynx (o outro foi pelo Atlanta Dream). A última vez que havia anotado um duplo-duplo fora em 27 de agosto de 2019, quando fez 17 pontos e pegou dez rebotes contra o Chicago Sky. Na atual temporada, a ala-pivô havia batido na trave duas vezes, terminando duas partidas com nove rebotes.

Nesta sexta, a brasileira também atingiu a maior quantidade de rebotes pegos por ela em uma partida de temporada regular da liga, com 13, sendo cinco ofensivos e oito defensivos. Até então, seu recorde era de 12, anotado duas vezes ao longo de seus seis anos na WNBA. Vale lembrar que Damiris fez a maior pontuação de sua carreira no último jogo, anotando 28.


Mesmo com mais um triunfo, o Minnesota Lynx permanece na quarta colocação da classificação geral da liga, agora com 13 vitórias e cinco derrotas. A sua frente, estão Seattle Storm (14-3), Las Vegas Aces (13-4) e Los Angeles Sparks (13-4). Já o Dallas Wings, que chegou à 12ª derrota, tem seis vitórias e segue na oitava colocação, na briga por uma das duas vagas restantes aos playoffs.

Vale lembrar que o Lynx já está com o passaporte carimbado para a pós-temporada da WNBA. A equipe bateu um recorde este ano ao atingir os playoffs pela décima vez seguida, primeira vez na história da franquia. Com o atual quarto lugar, o Minnesota está classificado para as "quartas de final" e busca terminar a temporada regular entre os dois primeiros para garantir-se automaticamente nas semifinais.

Rumo ao objetivo, Damiris e companhia retornam às quadras no próximo domingo, às 19h, para enfrentar o Storm, líder da classificação geral. As duas equipes já se enfrentaram uma vez na atual temporada, ainda na segunda rodada, e o time de Seattle levou a melhor. O Wings, por sua vez, terá o Washington Mystics (5-12) pela frente, também no domingo, às 17h.

O jogo
Vindo de duas vitórias consecutivas, o Lynx era favorito para vencer o duelo contra o Wings e fez valer a alta expectativa com um início de jogo avassalador: 24 a 11 de frente. No entanto, a produtividade caiu na metade final do primeiro período, e a equipe adversária conseguiu abaixar a vantagem para apenas um ponto (25 a 24) no encerramento do quarto.

Mantendo o ritmo dos minutos anteriores, o Wings logo passou a frente e dominou por completo o segundo período. Somados os instantes finais do primeiro quarto e o início do segundo, a equipe de Dallas teve uma incrível parcial de 34 a 3 (42 a 27).  Após o apagão, o Lynx conseguiu uma reação no final do período e encurtou a distância para oito (49 a 41) ao final.

Damiris encerrara o primeiro tempo já como a cestinha do time e a maior reboteira do jogo, com dez pontos anotados e seis rebotes. Após o descanso nos vestiários, o Lynx voltou com uma postura diferente. A equipe virou o duelo nos instantes iniciais do segundo tempo e passou a tomar conta da partida, encerrando o período em 69 a 63. Sem forças, o Wings não reagiu e o Lynx alargou a vitória.


Foto de capa: Ned Dishman/NBAE via Getty Images

Nenhum comentário:

Postar um comentário