Damiris é cestinha, mas não consegue evitar derrota do Minnesota Lynx - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Damiris é cestinha, mas não consegue evitar derrota do Minnesota Lynx

Compartilhe

A ala-pivô Damiris até tentou, mas não conseguiu evitar a primeira derrota do Minnesota Lynx na WNBA. A equipe perdeu para o Seattle Storm, por 90 a 66, na noite desta terça-feira (28), no segundo jogo da temporada regular. A brasileira teve grande atuação e foi a cestinha do jogo ao lado da adversária Breanna Stewart, com 18 pontos anotados.

Depois de uma grande virada na estreia, o Lynx entrou com um ritmo diferente e acabou dominado pelas adversárias. A equipe do norte dos Estados Unidos terminou o primeiro período com um placar de 20 a 13 contra e conseguiu aliviar a desvantagem em apenas um ponto no segundo quarto (41 a 35).

Na volta dos vestiários, Damiris, que até então estava sumida, apareceu no duelo. Ela impulsionou uma reação e seu time chegou a ter uma desvantagem de apenas três pontos no placar (48 a 45), mas o Storm, liderado por Stewart e Sue Bird, não deixou as adversárias virarem e voltaram ao jogo. A franquia de Seattle ainda venceu o terceiro período por 28 a 17 e encerrou o quarto com 21 a 14, finalizando com 90 a 66.
Damiris começou como titular e esteve em quadra por 27 minutos. Além dos 18 pontos anotados, pegou sete rebotes e deu uma assistência. Ela acabou com um aproveitamento de 42,9% nos arremessos de quadra. Pelo lado do Storm, Stewart fez 18 pontos e pegou 10 rebotes, enquanto Bird marcou 16 pontos.

O jogo foi histórico para Sylvia Fowles, uma das companheiras da brasileira. A pivô tornou-se a maior reboteira da história da WNBA, com 3.357 rebotes pegos em sua carreira, superando Rebekkah Brunson, assistente técnica do Lynx. Fowles anotou seu segundo duplo-duplo na atual temporada, marcando 15 pontos e pegando 10 rebotes.
Com a derrota, o Lynx perdeu sua invencibilidade na liga. O Storm segue como um dos únicos três times a terem duas vitórias em dois jogos. O Chicago Sky e o Washington Mystics também estão com 100% de aproveitamento. O Atlanta Dream é outra equipe que segue invicta na atual temporada, mas o time só jogou uma vez e volta às quadras nesta quarta-feira.

Na próxima quinta-feira (30), às 21h, a equipe de Minnesota encara o Sky para tentar impor a primeira derrota das adversárias no ano. Vale lembrar que todos os jogos estão acontecendo em Brandenton, na Flórida, onde foi criada uma "bolha" sanitária para manter jogadoras e envolvidos seguros durante a pandemia do coronavírus. Cada equipe fará 22 partidas na temporada regular.

Foto: Lorie Shaull

Nenhum comentário:

Postar um comentário