Ingrid Martins sofre para fechar partida, mas garante final 100% brasileira contra Bia Haddad no ITF W15 de Porto - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Ingrid Martins sofre para fechar partida, mas garante final 100% brasileira contra Bia Haddad no ITF W15 de Porto

Compartilhe
Ingrid Gamarra Martins ITF Porto tênis

Exatamente duas semanas depois de Beatriz Haddad Maia e Ingrid Gamarra Martins levarem o título nas duplas do W25+H de Figueira da Foz, elas se garantiam na final de simples do W15 de Porto. Depois da vitória de Bia mais cedo, Ingrid Martins, 524ª melhor do mundo, deixou escapar vantagens no seguno e terceiro sets, mas triunfou em uma difícil partida diante da finlandesa Anstasia Kulikova (384ª).


Surte+ Confira na íntegra o vídeo da semifinal de Ingrid Martins no ITF W15 de Porto, com narração e placar na tela


Ingrid Martins subirá ao 517ª na próxima semana, melhor posição de sua carreira. Com os 6 pontos assegurados pela final, ela aparece provisoriamente em 503º no ranking de 12 de outubro, a espera dos resultados dos torneios ITF na semana que vem - a WTA e ATP não publicam rankings durante Grand Slams. Uma vitória sobre a grande amiga Bia Haddad Maia amanhã a colocaria provisoiamente dentro das 490 do mundo. 


O jogo começou equilibrado, com as jogadoras confirmando de forma tranquila seus saques, Ingrid Martins passou por dificuldade no sétimo game, salvando um break point, antes de quebrar a adversária para liderar por 5-3. Sacando para o set, ela enfrentou 15-40 mas fez quatro pontos seguidos para abrir 1 a 0 em 47 minutos. 


No segundo set, a finlandesa abriu 3-0 e parecia ter controle do jogo, mas a brasileira se recuperou e quebrou duas vezes seguida a rival para liderar por 5-3. Sacando em 5-4, o roteiro mudou em relação a primeia parcial: ela ficou a 2 pontos da vitória em 30-15, mas enfim concedeu a quebra após duas chances de Kulikova.


Ambas as jogadoras venceram de 0 seus games, levando a um tie-break, disputado e com troca de miniquebras logo no início. Um décimo ponto muito bem jogado por ambas terminou com erro bobo de Ingrid, dando dois set points à europeia, que converteu o segundo, fechando o segundo set com 7-6[5] em 1 hora e 3 minutos de set


Kulikova começou o terceiro set com 0-30 e quando parecia estar com um gás para uma virada, Ingrid retomou um bom momento e não só confirmou eu saque, como quebrou os três primeiros saques da finlandesa no desempate, que em troca devolveu uma das quebras. Sacando para fechar o jogo em 5-1, sofreu nova perda de serviço. 


No sétimo game, ela ficou novamente a dois pontos da final, abrindo 15-30, mas viu a rival confirmar seu saque e a quebrar novamente. Porém, quando Kulikova sacava em 4-5, Ingrid finalmente conseguiu fechar o jogo em 6-4, no segundo match point após 47 minutos de set e 2h37 de jogo. 

Surte+ Em jogo duro, Bia Haddad bate espanhola e avança à final em Porto

Nenhum comentário:

Postar um comentário