Brasil fecha Mundial de Triatlo com um 13º lugar no Revezamento Misto - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Brasil fecha Mundial de Triatlo com um 13º lugar no Revezamento Misto

Compartilhe

O Brasil sai do Mundial de Triatlo com dois resultados em crescimento. Após a 15ª posição de Vittoria Lopes na prova individual, foi a vez da equipe brasileira terminar em 13º lugar na prova de Revezamento Misto disputada em Hamburgo neste domingo (06). O quarto brasileiro formado por Vittoria Lopes, Luisa Baptista, Manoel Messias e Miguel Hidalgo, finalizaram a prova com o tempo de 01:20:45, melhorando a 16ª posição do Mundial de 2018.

Em prova que cada atleta nada 300m, pedala 6.3km e corre 1.7km, melhor foi para a França de Leonie Perault, Léo Bergere, Cassandre Beaugrand e Dorian Coninx, que mesmo sem o campeão mundial Vicent Luis, confirmou o favoritismo e chegou ao tricampeonato do revezamento misto. O time americano, comandado por Katie Zaferes, ficou com a prata, enquanto os britânicos foram bronze com Taylor-Brown na equipe.

"Para vencer, aceitamos perder", disse o técnico da equipe francesa Benjamin Maze, ao citar o teste da uma nova composição de equipe com Dorian Coninx.



Quem também testou uma nova formação foi o Brasil. Nos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019, o Brasil foi campeão desta prova com Kauê Willy. Na disputa de hoje, Kauê deu lugar ao jovem Miguel, de apenas 20 anos, considerado promessa do triatlo brasileiro.

A equipe brasileira de triatlo embarca para a etapa da Copa do Mundo de Karlovy Vary, na República Tcheca.

Surte + com a gente em nossas redes sociais e quadros especiais

Foto: Reprodução/Twitter CBTri

Nenhum comentário:

Postar um comentário