Bia Haddad estreia contra lituana em Figueira da Foz; brasileiros furam o quali em Sintra - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Bia Haddad estreia contra lituana em Figueira da Foz; brasileiros furam o quali em Sintra

Compartilhe
Brasileira comemora título em Montemor-O-Novo e já conhece chave em Figueira da Foz, em seu retorno às quadras após suspensão


Hoje foi divulgada a chave do WTA 25+ de Figueira da Foz, em Portugal, cuja chave principal começa amanhã e as brasileiras conheceram suas adversárias no torneio disputado em quadra dura. Prevista para ocupar o 611º lugar do ranking na segunda que vem, Beatriz Haddad Maia poderá ficar a beira do top400 do ranking da WTA com os 60 pontos do título.

Bia, ainda em 1342º, estreia contra a lituana Justina Mikulskyte, 611ª, vinda do quali. Na segunda rodada ela deve enfrentar a francesa Jessika Ponchet, 227ª melhor do mundo e quarta cabeça de chave, e pode ter nas quartas, um repeteco da final de Montemor-O-Novo contra a britânica Jodie Anna Burrage, 289ª, e cabeça 6. Ela é a única brasileira do lado de baixo da chave liderada pela cabeça 2, Valeria Savinykh (RUS, 221ª).


Carolina Meligeni Rodrigues Alves, 401ª, desafia a belga Magali Kempen, 429ª. A vencedora tem parada dura na segunda rodada: a dinamarquesa Clara Tauson, de apenas 17 anos e 208º, segunda melhor jogadora sub-18 do mundo e que estreará no top200 na próxima segunda. A principal favorita tem que passar primeiro pela indiana Riya Bhatia.

Laura Pigossi, vinda do qualificatório cuja última rodada foi disputada nesta segunda-feira, tem pela frente a ucraniana Valeriya Strakhova, 318ª, para quem perdeu na semi ITF de Ribeirão Preto, em março de 2015 por 6-2 e 7-5. Em caso de vitória, enfrenta a vencedora de Georgina Garcia-Perez, cabeça 5 (ESP, 283ª) e Ylena In-Albon (SUI, 493ª).

Cabeça 3 do quali e 413ª melhor da WTA, Pigossi precisou de uma virada impressionante diante de Angelica Moratelli, cabeça 9. Depois de perder por 6-0, venceu o segundo set por 6-2 e levou a melhor no match tie-break por 10-8. Já Ingrid Gamarra Martins, 538ª, perdeu para a principal favorita do qualificatório, a russa Daria Mishina (410ª) por 6-1 e 6-3.


As brasileiras só estarão em quadra nesta terça-feira pela chave de duplas. Assim como em Montemor-O-Novo, Bia vai encarar a dupla favorita na estreia: ao lado de Ingrid, a parceria brasileira desafia as cabeças 1, Georgina Garcia-Perez (ESP) e Fanni Stollar (HUN).

Carol e Valentini Grammatikopoulou (GRE) enfrentam Riya Bhatia (IND) e Sandra Samir (EGY), enquanto Rebeca Pereira e Barbara Gatica (CHI) estreiam contra Freya Christie e Olivia Nicholls, da Grã-Bretanha.

Future de Sintra repleto de brasileiros
No balneário português de Sintra, acontece o Future M15. Em rodada dupla para definir os seis classificados através do quali, João Lucas Reis da Silva e Mateus Alves se garantiram na chave principal, ao lado do convidado Leonardo Civita-Telles (sem ranking) e de Natan Rodrigues, que entrou pela vaga destinada aos juvenis, como 7º melhor do mundo nesta categoria.

Na chave de duplas, Mateus Alves e Igor Marcondes estreiam contra a dupla convidada Tiago Cacao e João Monteiro (POR).

Mateus Alves, 629º melhor do mundo e cabeça 8, venceu os espanhóis Pol Amoros Ramos (6-0, 4-0, des.), ainda no domingo; e Diego Augusto Barreto Sanchez (6-3 e 6-1) e o belga Arnaud Bovy (591º, cabeça 4) por 7-5 e 6-2 para classificar-se para a chave principal, onde desafia o austríaco Maximilian Neuchrist, 629º da ATP e que também passou pelo quali. 

João Lucas Reis da Silva, 581º, cabeça 2 do quali, venceu Maik Steiner (GER) no domingo por 6-2 e 7-6, o japonês Okamura Issei (7-5, 7-6) e Pedro Araújo (POR) nesta segunda por 7-5 e 6-2. Na chave principal, ele enfrenta o belga Romain Faucon, que entrou pela vaga destinada a juvenis. Sem ranking na ATP, ele é o 44º melhor juvenil.

Na chave principal Leonardo Civita-Telles, sem ranking. enfrenta o 417º melhor, Benjamin Lock (ZIM). Natan Rodrigues, também sem ranking na ATP, enfrenta o belga de 19 anos Gauthier Onclin (619º), em busca de sua primeira vitória no circuito da ITF.

Outros três brasileiros caíram no quali. Filipe Brandão que havia vencido o português Valentin de Carvalho no domingo por duplo 6-2, caiu para o argentino Matias Franco Descotte na primeira partida da rodada dupla desta segunda, por 6-3 e 6-0. 

Ainda pela primeira rodada disputada no domingo, Bernardo Bueno perdeu para o alemão Robert Strombachs, 11º cabeça, por 6-2 e 6-3 e Igor Marcondes perdeu para o espanhol Benjamin Winter Lopez também por sets diretos (7-5 e 6-3).


Surte+ Resumão Completo do Dia 7 do US Open de Tênis 2020

Foto: Federação Portuguesa de Tênis / Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário