Surgimento, história e campeões: saiba mais sobre a NBA, que retorna nesta quinta-feira - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Surgimento, história e campeões: saiba mais sobre a NBA, que retorna nesta quinta-feira

Compartilhe

Considerada a maior liga de basquete masculino do mundo, a NBA vai retomar suas atividades de forma oficial nesta quinta-feira (30), com duas partidas. O New Orleans Pelicans encara o Utah Jazz às 19h30, enquanto os dois times de Los Angeles (Lakaers e Clippers), jogam o clássico da Califórnia, às 22h. 

Paralisada desde março deste ano por conta da pandemia de coronavírus, a liga adotou diversos protocolos e armou uma grande estrutura na Disney para poder reiniciar o campeonato. 

Mas você conhece a liga de basquete dos Estados Unidos? Entende a dinâmica de disputa? Quer saber ou relembrar mais sobre história e estatísticas legais? Fica neste texto, e acompanhe nessa edição especial o básico, para começar a assistir hoje a NBA. 

Surgimento veio da fusão de ligas rivais

A NBA foi fundada em 1946, ainda sob o nome de Basketball Association of America (BAA). Em 1949 ela se fundiu com a rival National Basketball League (NBL), campeonato que estava em atividade desde 1937. A partir desta fusão, a liga passou a ser conhecida como National Basketball Association. 

Apesar da data de criação da  NBL ser anterior ao da BAA, os campeões da NBA são contabilizados apenas de 1946 até os dias atuais. 

Foto: Reprodução
E aqui já começa a primeira curiosidade. O primeiro jogo da história da liga ocorreu no Canadá e não nos Estados Unidos. O "finado" Toronto Huskies recebeu o New York Knickerbokers (comumente chamado de Knicks) no complexo Maple Leaf Garden, no dia 1º de novembro de 1946. O time de Nova York venceu a partida por 68 a 66.

ABA surge para medir forças com a NBA

Após ter um período de estabilidade, sendo a maior liga da modalidade nos EUA, a NBA passou a enfrentar concorrência com a criação da American Basketball Association (ABA) em 1967. Com grandes contratações realizadas por franquias do campeonato rival, a NBA precisou tomar atitudes rápidas para tentar evitar a ascensão da ABA.

Até aumentar o número de times em seu campeonato a NBA fez, subindo de 15 para 18 franquias. com isso a ABA passou a sentir-se acuada, culminando em uma nova fusão, entre as duas ligas, no ano de 1976. 

Com a incorporação da ABA pela NBA, quatro novas equipes chegaram à liga: San Antonio Spurs, Denver Nuggets, Indiana Pacers e Brooklyn Nets (New York Nets na época). O Indiana Pacers era o time de maior sucesso entre os novos times, conquistando três títulos da ABA em quatro anos. No entanto, seus troféus não contam como títulos da NBA. 

Franquias

A NBA é composta hoje por 30 franquias, 29 dos Estados Unidos e uma do Canadá. Durante toda sua história já houveram diversas mudanças de cidade por parte desses times e muitos deles ainda carregam seus nomes originais. Como por exemplo, o primeiro campeão da liga: Philadelphia Warriors

Presente nas finais da NBA durante os últimos cinco anos, o Golden State Warriors foi fundado na Filadélfia e conquistou o primeiro título na temporada 1946-1947 ao derrotar o Chicago Stags (que não existe mais) por 4 jogos a 1. 

Foto: Reprodução
Na temporada 1955-56 o Philadelphia Warriors conquistou mais um título, antes de se mudar para San Francisco em 1962. Em 1971 a equipe adotou como nome, o apelido da região onde fica localizada: Golden State

Seis franquias dos tempos de BAA ainda estão na NBA. Boston Celtics, Los Angeles Lakers (anteriormente em Minneapolis), Detroit Pistons (Fort Wayne), New York Knicks, Golden State Warriors (Filadélfia) e o Sacramento Kings (Rochester Royals). 

Conferências e modo de disputa

A liga norte americana de basquete é dividida em duas conferências, leste e oeste, com 15 franquias cada. Dentro de cada franquia há três divisões regionais com cinco times. Um time disputa 82 jogos (41 em casa e 41 fora), no que é chamada de temporada regular. 

Quatro partidas são garantidas contra os rivais de divisão. Entre os demais adversários de conferência, um time pode jogar entre três ou quatro vezes, dependendo da média de jogos disputados em anos anteriores. Contra franquias da outra conferência, ocorrem apenas dois enfrentamentos. 

Depois desta fase, ocorrem os playoffs, que contam com as oito melhores equipes de cada conferência, e a chave será montada de forma que o 1º enfrente o 8, 2 x 7º, 3º x 6º e 4º x 5º. 

Vale lembrar que ao término da temporada regular as franquias campeãs de divisão tem o direito de ocupar três das quatro primeiras posições na tabela de sua conferência.

A partir desse chaveamento, as equipes se enfrentam em uma série de sete jogos. quem tiver melhor campanha sempre joga mais partidas como mandante. A distribuição acontece da seguinte no seguinte forma: partidas 1 e 2 na casa da equipe de melhor campanha; partidas 3 e 4 na casa do time de campanha inferior, se necessário, jogo 5 na casa do time de melhor campanha, jogo 6 na casa do time de campanha inferior e por fim o jogo 7, que sempre será no ginásio do time de melhor campanha. 

Vamos conhecer as conferências e divisões?

- Leste 

Divisão Atlântica: Philadelphia 76ers, boston Celtics, New York Knicks, Brookyn Nets e Toronto Raptors;

Divisão Central: Chicago Bulls, Cleveland Cavaliers, Detroit Pistons, Indiana Pacers e Milwaukee Bucks;

Divisão Sudeste: Charlotte Hornets, Atlanta Hawks, Miami Heat, Orlando Magic e Washington Wizards.

- Oeste

Divisão Noroeste: Denver Nuggets, Minnesota Timberwolves, Oklahoma City Thunder, Portland Trail Blazers e Utah Jazz;

Divisão do Pacífico: Golden State Warriors, Los Angeles Clippers, Los Angeles Lakers, Phoenix Suns e Sacramento Kings;

Divisão Sudoeste: Dallas Mavericks, Houston Rockets, New Orleans Pelicans, Memphis Grizzlies e San Antonio Spurs.

Campeões e finalistas

Ao todo, 20 franquias já conquistaram pelo menos um título de NBA. Desses, dois times não existem mais, sendo que uma das franquias está extinta (Baltimore Bullets, campeão em 1947-48) e a outra foi incorporada pelo Oklahoma City Thunder em 2008 (Seattle Supersonics, campeão em 1978-79). 

Celtics e Lakers protagonizam a maior rivalidade da liga. Foram 12 finais de campeonato, sendo esse o confronto mais repetido em decisões de título, marcado por um domínio absoluto dos Celtics, com nove vitórias em finais contra três do rival. 

Além disso, os Lakers foram derrotar os Celtics apenas na nona decisão de campeonato entre as duas equipes. Juntas, essas franquias somam 33 títulos, sendo 17 da equipe de Boston e 16 da franquia de Los Angeles. Porém ambos não se classificam à tão sonhada "NBA Finals" desde 2010, quando fizeram pela última vez o confronto valendo o troféu. 

Empatados em terceiro lugar como maiores campeões, estão o Chicago Bulls e o Golden State Warrios, cada um com seis títulos.

Os Bulls tiveram sucesso durante a década de 90, com Michael Jordan, considerado por muitos o melhor jogador de basquete da história, liderando o time em dois tricampeonatos, (de 1991 a 1993 e de 1996 a 1998).

Michael Jordan foi eleito o melhor jogador em todas as seis finais que disputou. Foto: Reprodução
Já os Warriors, como já foi dito, venceram dois títulos como franquia instalada na Filadélfia e os outros quatro na região de San Francisco, ganhando as três troféus no último quinquênio (2015-2019), todas contra o Cleveland Cavaliers.

Na sequência surge o San Antonio Spurs, com cinco troféus em 22 anos. O Detroit Pistons tem três títulos, conquistando grande sucesso no fim dos anos 80. 

Na lista de campeões aparecem ainda o Philadelphia 76ers (3), Miami Heat (3), Houston Rockets (2), New York Knicks (2). 

Cleveland Cavaliers, Dallas Mavericks, Washington Wizards (ainda como Bullets), Portland Trail Blazers, Milwaukee Bucks, Atlanta Hawks, Sacramente Kings e Toronto Raptors conquistaram um título cada, juntamente com o Baltimore bullets e o Seattle Supersonics, já citados.    

Há também a lista de times que apesar de terem ido para as finais, não conquistaram o título. Brooklyn Nets, Orlando Magic, Phoenix Suns e Utah Jazz são as franquias mais "azaradas" que chegaram a disputar duas finais sem levar o troféu. 

Indiana Pacers, Chicago Stags e Washington Capitols foram derrotados na única vez que participaram de suas respectivas finais. 

A franquia de maior eficiência em finais é o Chicago Bulls, com seis títulos em seis finais. O Boston Celtics também mostra bom aproveitamento, com 17 títulos em 21 decisões. 

Agora que você já sabe um pouquinho mais sobre a NBA, corre para a televisão que hoje acontecerá a retomada da temporada 2019-20. 

Foto: Christopher Evans

Nenhum comentário:

Postar um comentário