Irmãos Ingebrigtsen fazem boas marcas nos 800m e 5.000m em Oslo - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Irmãos Ingebrigtsen fazem boas marcas nos 800m e 5.000m em Oslo

Compartilhe

Junho terminou muito bem para os irmãos Ingebrigtsen. Especialistas em provas de meio fundo e de fundo, os noruegueses estabeleceram marcas importantes na segunda e a terça-feira em uma competição em Oslo. Henrik, o mais velho, fez 13:19.65 nos 5.000m, enquanto os caçulas Jakob e Filip bateram seus recordes pessoais nos 800m rasos, com 1:46.44 e 1:46.74, respectivamente.

Competindo no Boysen Memorial, evento organizado pela Federação Norueguesa de Atletismo (NRK), Henrik foi o único dos irmãos a competir na segunda-feira (29). Ele superou quinze rivais na disputa e venceu a disputa dos 5.000m, prova da qual é o atual vice-campeão europeu, com 13:19.65, pouco mais de quatro segundos em relação ao seu personal best (13:15.38).

"Esta foi uma boa corrida. Hoje me serviu bem, tive um início moderado e consegui administrar até o final. O corpo respondeu muito bem, eu sei que o corpo tem mais por dentro, mas estou feliz por ter feito este desempenho numa segunda-feira no Bislett (o estádio). Foi uma das minhas melhores corridas", disse o atleta logo após a corrida.

Henrik chegou até a assumir a liderança geral da temporada com o tempo registrado na capital norueguesa, mas foi de forma momentânea. Um dia depois, na terça-feira, quatro atletas norte-americanos estabeleceram marcas melhores do que a dele, em uma competição em Portland. Sean McGorty tornou-se o novo líder, com 13:11.22.


Também na terça-feira, mas ainda em Oslo, a família Ingebrigtsen voltou às pistas do Bislett Stadion, desta vez com Filip e Jakob, na disputa dos 800m. Jakob venceu com 1:46.44 (quarta melhor da temporada geral) e Filip foi o segundo com 1:46.74 (oitava). Ambos fizeram as melhores marcas de suas carreiras. Cabe destacar, no entanto, que eles raramente competem na distância. Jakob, por exemplo, não disputava desde 2017. 

"É divertido. Não tenho recordes de 1500m, milha e nem 3000m, mas agora tenho 5000m, 2000m e 800m. Eu diria que é uma boa variedade ter registros familiares ”, disse Jakob, de 19 anos, à NRK, referindo-se à disputa interna existente entre os três irmãos, que buscam estabelecer "recordes" na família.

No mês de maio, naquela que talvez tenha sido a primeira competição no pós-pandemia, o jovem Jakob encarou seu irmão Henrik na disputa dos 5km de rua. Na ocasião, fez 13:28 e estabeleceu um novo recorde nacional na prova. Henrik foi o segundo com 13:32. Já em junho, Jakob participou dos Jogos Impossíveis ao lado dos irmãos e bateu o recorde europeu dos 2.000m.

Outras competições em Oslo

Marcus Thomsem é uma das promessas do atletismo norueguês (Bildbyran)
Além das provas de meio fundo e de fundo, o Boysen Memorial reuniu algumas disciplinas de campo e de saltos. Um dos destaques foi o jovem Marcus Thomsem, que fez 20,66m no arremesso de peso, a segunda melhor marca de sua carreira. Ele, que tem 22 anos, possui o personal best de 21,03m, feito nos Jogos Impossíveis, no início do mês.

Atual campeã olímpica no lançamento de dardo, a croata Sara Kolak fez sua primeira aparição da temporada em Oslo. Ela registrou três lançamentos acima dos 60 metros e conseguiu 62,42m como a melhor marca.

O lançamento de martelo teve uma disputa bem acirrada. A vitória no masculino ficou com o norueguês Eivind Henriksen, sexto colocado no último Mundial, que fez 74,21m (18ª melhor marca geral do ano). O islandês Hilmar Orn Johnsson foi o segundo, com 72,83m, e o norueguês Gloppens Thomas Mardal fechou o pódio, com 71,99m.

Outra finalista mundial venceu a disputa feminina. Participando de sua segunda competição no ano, Beatrice Nedberge Llano fez 64,24m. Há uma semana, ela fez 65,81m. A melhor marca de sua carreira é de 71,43m, de março do ano passado.

Foto: Bildbyran

Nenhum comentário:

Postar um comentário