Cotado para Paris 2024, breakdancing é incluído no programa dos Jogos Mundiais de 2022 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Cotado para Paris 2024, breakdancing é incluído no programa dos Jogos Mundiais de 2022

Compartilhe

A Associação Internacional dos Jogos Mundiais (IWGA, na sigla em inglês) anunciou na terça-feira o programa dos próximos Jogos Mundiais, agendados para ocorrer em Birmingham, no estado do Alabama nos Estados Unidos, em julho de 2022. Os Jogos Mundiais reúnem disputas de diversos esportes reconhecidos pelo COI, mas que não integram o programa olímpico.

Entre as 30 modalidades selecionadas, está o breakdancing, que deve ser confirmado pelo Comitê Olímpico Internacional como parte dos Jogos de Paris 2024 no mês de dezembro.

O breakdancing foi disputado pela primeira vez em um evento olímpico nos Jogos da Juventude de 2018, em Buenos Aires, na Argentina. Na ocasião, foram realizadas as provas masculina, feminina e de duplas mistas. Estreante nos Jogos Mundiais, a modalidade deverá ser integrada às outras danças que já faziam parte do evento, como a salsa e o rock'n'roll.

Surte +: Assembleia Geral da ONU transfere Trégua Olímpica dos Jogos de Tóquio para 2021

Outros esportes farão sua estreia nos Jogos Mundiais, como canoagem maratona, kickboxing e parkour, além da inusitada corrida de drones. Raquetebol, squash, boliche e esqui aquático, que foram disputados nos Jogos Pan-Americanos de Lima em 2019, também foram confirmados, bem como o caratê, que está no programa das Olimpíadas de Tóquio, mas que deve ficar de fora de Paris 2024.

Inicialmente, Birmingham receberia os Jogos Mundiais no ano que vem. Porém, com o adiamento dos Jogos Olímpicos devido à pandemia de Covid-19, os organizadores preferiram transferir o evento para o ano seguinte. O chefe de serviços dos Jogos Mundiais, Sebastian Garvens, destacou o equilíbrio entre o número de disputas masculinas e femininas no novo programa.

"Dois anos antes da Cerimônia de Abertura dos Jogos Mundiais de 2022 em Birmingham, estou animado por podermos anunciar o programa geral de eventos com equilíbrio de gênero para nossas federações membros, apresentando novas disciplinas, competições estendidas de gênero misto e formatos inovadores, como o lacrosse 6x6, a corrida de drones, o cabo de guerra misto, breakdancing e parkour", afirmou.

Na última edição dos Jogos Mundiais, realizada em 2017 em Wroclaw, na Polônia, 3214 atletas de 102 países competiram em mais de 200 eventos. O Brasil conquistou quatro ouros (handebol de areia masculino e feminino, Valéria Kumizaki, no caratê, e Ana Castellain, no levantamento de peso) e oito medalhas no total.

Surte +: Surto de A a Z: os brasileiros do golfe, parte 1

Foto: Reprodução/COI

Nenhum comentário:

Postar um comentário