Coreia do Sul renova contrato de gerente da seleção de beisebol para disputa das Olimpíadas de Tóquio - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Coreia do Sul renova contrato de gerente da seleção de beisebol para disputa das Olimpíadas de Tóquio

Compartilhe

Após a seleção japonesa de beisebol confirmar a permanência de seu gerente geral para as Olimpíadas, foi a vez da Coreia do Sul ampliar o contrato de seu administrador, Kim Kyung-Moon, que mantém-se no cargo até o término do torneio olímpico em Tóquio, em 2021. 

O pacto passou por renovação devido o adiamento das Olimpíadas de Tóquio, forçada pela pandemia de coronavírus. Essa é a segunda passagem de Moon pela seleção sul-coreana de beisebol. Em Pequim 2008, última vez em que a modalidade esteve presente no programa olímpico, o dirigente liderou o trabalho com a equipe, alcançando o ouro após derrotar Cuba por 3 a 2 durante sua primeira administração.


Nesta segunda passagem, Moon já levou o time sul-coreano ao vice-campeonato do torneio WBSC Premier12 em 2019. Na final eles foram derrotados pela seleção do Japão por 5 a 3. Esse resultado garantiu a Coreia do Sul nas Olimpíadas.

Além de sul-coreanos e os anfitriões japoneses, estão garantidos no torneio de beisebol as seleções do México, e Israel. Duas vagas ainda estão em jogo, um para o continente americano e outra para um evento de qualificação final. 

Os Jogos Olímpicos de Tóquio marcam o retorno do beisebol e sotfbol, após duas edições fora do programa esportivo da Olimpíada (Londres 2012 e Rio 2016). 


Foto: Reprodução/Twitter

Nenhum comentário:

Postar um comentário