Seleção japonesa de beisebol estende contrato de gerente geral até final das Olimpíadas - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Seleção japonesa de beisebol estende contrato de gerente geral até final das Olimpíadas

Compartilhe

O gerente geral da equipe japonesa de beisebol, Atsunori Inaba, teve seu contrato prorrogado até o final dos Jogos Olímpicos de Tóquio, que foram adiados para 2021 por conta da pandemia de coronavírus. 

Inaba assumiu a administração do time em 2017, logo após o World Baseball Classic, com seu contrato tendo validade até o fim da Olimpíada, que originalmente seria realizada em 2020. 

"Desde que assumi o cargo, afirmo que temos o objetivo de nos recuperar das decepções olímpicas e esses pensamentos não mudaram", disse Inaba, em entrevista para o jornal Japan Times. "Continuaremos a fazer nossos melhores esforços em direção à medalha de ouro que almejamos". 

O Japão subiu três vezes ao pódio durante as cinco vezes em que a modalidade esteve presente no programa esportivo da Olimpíada, chegando até a final em Atlanta 1996, perdendo a final para a seleção de Cuba por 13 a 9. 

Eles conquistaram ainda dois bronzes, um em Barcelona 1992 e outro em Atenas 2004, sempre batendo equipes da América do Norte (Estados Unidos e Canadá respectivamente) na decisão pelo 3º lugar. 


O beisebol está voltando aos Jogos Olímpicos após duas edições sem a modalidade no evento (Londres 2012 e Rio 2016). 

"Basicamente, continuarei com a ideia de formar nosso time em torno daquele que jogou no torneio Premier12", explicou Inaba. "Mas, ao mesmo tempo, com os Jogos sendo adiados por um ano, acho que precisamos pensar com flexibilidade", concluiu o gerente. 

O torneio olímpico de beisebol começará dia 28 de julho de 2021, e sua final será realizada no dia 7 de agosto. As partidas serão realizadas nas cidades de Fukushima e Yokohama. 


Foto: Kyodo News

Nenhum comentário:

Postar um comentário