CBF divulga protocolo para retorno das competições nacionais - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

CBF divulga protocolo para retorno das competições nacionais

Compartilhe

Na sexta-feira (24), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) publicou um documento com as diretrizes técnicas para o retorno das competições nacionais após a pandemia de Covid-19. O protocolo de 60 páginas contém regras que atuam desde a preparação das equipes para os jogos até a regulamentação da atuação da imprensa nos estádios.

"O documento é resultado de meses de trabalho conjunto de todas as diretorias da CBF, com a colaboração de diversos setores da sociedade e do futebol brasileiro", ressaltou o diretor de Competições da CBF, Manoel Flores. "Vivemos um momento atípico, sem precedentes na história moderna. A roda do futebol volta a girar, mas em um contexto inédito. Estamos tomando o máximo de precaução para prezar pela saúde e segurança de todos os envolvidos, dentro e fora do campo".


Entre as medidas presentes no protocolo, está o limite máximo de profissionais - incluindo jogadores, comissão técnica, arbitragem, imprensa e operacional - que podem participar de cada jogo, considerando a divisão feita pela CBF do porte de cada uma das competições. Para os torneios do Grupo A (Brasileirão Série A Masculino e Copa do Brasil), até 300 pessoas podem trabalhar no estádio; para os do Grupo B (Séries B e C masculinas e Brasileirão A1 Feminino), o limite é de 237. Os campeonatos do Grupo C (Série D masculina, Brasileirão A2 Feminino, Copa Verde, Pré-Copa do Nordeste e competições de base) terão até 176 trabalhadores envolvidos.

No Grupo B de competições segundo a divisão da CBF, o Brasileirão Feminino Série A1 contará com até 237 profissionais envolvidos em cada jogo (Foto: Reprodução Instagram/Sereias da Vila)

O documento prevê também a testagem de todos os atletas e funcionários antes de cada uma das partidas, a partir do acordo de fornecimento de testes entre a CBF e o Hospital Albert Einsten. Nos vestiários, os jogadores deverão manter o distanciamento e utilizar máscaras, com o mesmo valendo para todos os demais profissionais que estiverem nas áreas comuns dos estádios. 

O protocolo de abertura de cada jogo foi modificado, com a execução do hino nacional e o tradicional cumprimento dos atletas devendo ser evitado. Além disso, será adotado um minuto de silêncio em todas as partidas até o final da temporada 2020. O número limite de substituições para cada equipe também aumentou - de três para cinco - como forma de proteger os esportistas do desgaste excessivo.

Segundo a CBF, essas diretrizes "foram incluídas no Regulamento Específico (REC) de cada competição a ser iniciada ou reiniciada sob coordenação da CBF em 2020, permanecendo em vigor, em razão da pandemia da Covid-19, enquanto houver necessidade. As medidas estabelecidas levam em consideração que a retomada do futebol se dará sem público. Qualquer alteração nesse quadro será devidamente comunicada e o documento sofrerá ajuste".

O protocolo completo você encontra aqui.

Calendário 2020 do futebol brasileiro é reformulado

Já com as medidas do novo protocolo em vigor, o Campeonato Brasileiro Masculino da Série A começará no dia 08 de agosto e deve terminar em 24 de fevereiro de 2021, para acomodar as 38 rodadas previstas no regulamento. A Série B terá seu início no dia 07 de agosto e a última rodada no dia 30 de janeiro. As Séries C e D também ganharam novas datas (de 08 de agosto até 31 de janeiro de 2021 e de 06 de setembro até 07 de fevereiro, respectivamente), assim como a Copa do Brasil, que será encerrada no dia 10 de fevereiro.

No futebol feminino, o Brasileirão da Série A1 voltará no dia 26 de agosto, a partir da quinta rodada, que tem três jogos ainda a serem disputados. Até a paralisação, Ferroviária e Santos lideravam o campeonato, com quatro vitórias em quatro partidas. Já a Série A2, que teve apenas a primeira rodada já realizada, será retomada no dia 18 de outubro e tem previsão de encerramento no dia 31 de janeiro. 

As competições de base também tiveram data marcada para começarem a temporada 2020. O Brasileirão Masculino Sub-20 começará no dia 23 de setembro e será encerrado no dia 07 de fevereiro. Já o Brasileirão Sub-17 terá a duração de dois meses, de outubro a dezembro. 

Os Campeonatos Brasileiros Sub-20 e Sub-17 serão retomados em setembro e em outubro, respectivamente. O Flamengo é o atual campeão de ambas as categorias (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Antes dos campeonatos nacionais reiniciarem, alguns estaduais já voltaram a ser disputados. O Paulista e o Gaúcho tiveram jogos na quarta-feira (23), enquanto o Mineiro tem suas primeiras partidas pós-paralisação marcadas para este domingo (26). O Carioca, por sua vez, foi retomado no início de julho e já foi encerrado, com o Flamengo vencendo o Fluminense na grande decisão após os tricolores terem vencido a Taça Rio.

A fase final da Copa do Nordeste, outro torneio importante do calendário do futebol masculino brasileiro, está sendo disputada em sede única, em Salvador. Fortaleza e Ceará farão o Clássico-Rei na primeira semifinal já nesta terça (28), enquanto Confiança-SE e Bahia disputarão a outra vaga na final na quarta (29). As partidas decisivas ocorrerão no próximo sábado (01/08) e na terça seguinte (04/08). 

Surte + Guia dos Sistemas Qualificatórios Olímpicos - Futebol

Foto de capa: Reprodução Twitter/Maracanã/Alexandre Vidal

Nenhum comentário:

Postar um comentário