Federação Internacional de Badminton cancela três eventos do circuito - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Federação Internacional de Badminton cancela três eventos do circuito

Compartilhe

Seguindo o reajuste completo de seu calendário após pandemia do coronavírus, a Federação Internacional de Badminton (BWF) anunciou nesta quinta-feira (04) o cancelamento de três eventos que estavam com situação indefinida. Entre eles, está o Aberto da Austrália e o Korea Masters, ambos da classe Super 300. O outro é o Super 100 de Hyderabad, na Índia.

De acordo com um comunicado publicado pela federação, a situação de cada uma das competições foi analisada individualmente, observando os cenários específicos envolvidos. As decisões foram tomadas em conjunto com as federações nacionais dos países-sede e a BWF destacou que o cancelamento dos torneios não altera o cronograma revisado para o restante da temporada, publicado na última semana.

“As circunstâncias mudaram e continuarão a mudar em determinados países e territórios e, portanto, a BWF pode ser solicitada a fazer mais atualizações no status dos torneios, quando e quando necessário", disse o secretário-geral da entidade, Thomas Lund.

+ Confira o novo sistema de qualificação olímpica do badminton e as chances brasileiras

"Essas mudanças anunciadas hoje são necessárias, mas não afetam diretamente o novo calendário de torneios da BWF 2020, que foi criado para permitir mudanças como parte de nossa estrutura para o possível retorno do badminton".

Outros três torneios que foram suspensos seguem com a situação indefinida, incluindo o Aberto da Alemanha, a primeira  competição afetada pela pandemia, ainda em março. O Aberto da Suíça e o Campeonato Europeu são os outros dois.

A BWF destacou que seguirá trabalhando, seguindo as recomendações da Organização Mundial da Sáude (OMS) e dos organizadores locais para definir o futuro dessas competições, bem o como dos demais eventos do calendário. Lund ressaltou que o atual cronograma é provisório, podendo ser novamente alterado de acordo com as mudanças na situação global.

A primeira competição do badminton depois da longa paralisação será em 10 de agosto, com o Aberto da Bulgária. O Circuito será reaberto com o Aberto de Taipei, evento Super 300, que ocorrerá entre 01 e 06 de setembro. Os dois principais torneios do calendário internacional serão os Super 1000 da China e da Indonésia, previstos para 15 de setembro e 17 de novembro, respectivamente. A Thomas & Uber Cup tem previsão para 03 a 11 de outubro.

Foto: Divulgação/BWF

Nenhum comentário:

Postar um comentário