Atual recordista mundial do decatlo, Kevin Mayer vence terceira edição do Ultimate Garden Clash - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Atual recordista mundial do decatlo, Kevin Mayer vence terceira edição do Ultimate Garden Clash

Compartilhe

O francês Kevin Mayer venceu a terceira edição do Ultimate Garden Clash. Neste domingo (07), o atual recordista mundial no decatlo venceu as três provas da disputa combinada e superou seus concorrentes Niklas Kaul e Maicel Uibo, ambos também do decatlo, para ficar com o título da competição remota.

Os atletas passaram por três disciplinas do atletismo, em formatos alternativos: o salto com vara, o arremesso de peso e uma corrida final. Na primeira disputa, os participantes precisaram saltar a marca dos 4,00m quantas vezes pudessem dentro de 10 minutos. Na mesma quantidade de tempo, os atletas tiveram que arremessar o peso após a marca dos 12 metros a maior quantidade de vezes possível na segunda disputa. Por fim, na última, realizaram uma corrida em um mini-circuito, onde coletaram pontos.

Competindo de sua base de treinamento em Montpellier, na França, Mayer sobrou na competição e venceu as três provas, totalizando 116 pontos. O alemão Niklas Kaul, atual campeão mundial, foi o segundo colocado com 99 pontos, enquanto o estoniano Maicel Uibo foi o terceiro colocado, obtendo 96 pontos. Kaul competiu de sua base indoor em Mainz, na Alemanha, enquanto Uibo esteve presente em Clermont, nos Estados Unidos.

No salto com vara, Mayer ultrapassou o sarrafo 17 vezes contra 15 de Uibo e 14 de Kaul. No arremesso de peso, o francês não deu chances para seus adversários e conseguiu arremessar para além dos 12 metros por 28 vezes, enquanto Kaul obteve 22, e Uibo, 20. Na última disputa, com todos muito desgastados, o campeão mostrou resistência e preparo físico e obteve 71 pontos, contra 63 de Kaul e 61 de Uibo.

"Foi um pouco estressante, pois eu sabia que tinha grandes concorrentes por aí", disse Mayer, destacando que sua vitória foi conquistada na segunda prova. "No arremesso de peso, acho que fiz a diferença porque meu PB ("personal best", ou "melhor da carreira") é 17 (metros), então era fácil lançar para 13 todas as vezes e eu entrei num ritmo que estava bom. Eu estava realmente muito cansado no final, mas foi um bom esforço para mim".




Assim como as duas primeiras, a terceira edição do UGC recebeu uma bela audiência. A competição teve transmissão ao vivo dos portais da World Athletics e reuniu dezenas de milhares de espectadores, principalmente no Twitter. Em menos de 24h, cerca de meio milhão de pessoas já assistiram ao vídeo. Caso queira assistir, veja acima.

A disputa, que tenta resgatar os ares competitivos em plena pandemia, segue todas as recomendações para evitar a disseminação do coronavírus, como o distanciamento social. Até por isso, todos os participantes competem de suas bases de treinamentos, sendo conectados por vídeo-chamada.

Vale lembrar que as duas primeiras competições foram do salto com vara. O francês Renaud Lavillenie e o sueco Armand Duplantis empataram na primeira edição, enquanto a grega campeã olímpica Katerina Stefanidi venceu a segunda.

Ainda não se sabe se a World Athletics fará novas edições do UGC. O futuro da competição remota é incerto, uma vez que a pandemia já está controlada na maior parte dos países europeus e estes já retornaram às atividades presenciais no atletismo. Boa parte das nações também está fazendo mini-competições ao longo das últimas semanas, e boas marcas já foram obtidas.

Foto: Reprodução/Twitter






Nenhum comentário:

Postar um comentário