Katerina Stefanidi vence segunda edição do Ultimate Garden Clash - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio

Katerina Stefanidi vence segunda edição do Ultimate Garden Clash

Compartilhe

Depois de um empate na primeira edição, o Ultimate Garden Clash, competição virtual do salto com vara, conheceu seu primeiro campeão solo. E veio na disputa feminina. A atual campeã olímpica Katerina Stefanidi venceu a segunda edição a disputa feminina, realizada no último sábado, 16. A grega superou a americana Katie Nageotte e a canadense Alysha Newman.

Dos quintais de suas casas e conectadas por uma transmissão ao vivo, as atletas deveriam saltar a marca dos 4.00m, quantas vezes conseguissem, dentro do período de 30 minutos. O inusitado desafio foi proposto pelos competidores da primeira edição, como uma maneira diferente de competir em meio à pandemia do coronavírus, que impede a proximidade social.

Saltando de Atenas, Grécia, Stefanidi obteve êxito em 34 saltos, com uma certa folga sobre a Nageotte e Newman, que conseguiram 30 e 21 saltos respectivamente. Katie Nageotte é bicampeã norte-americana indoor e estava direto da Geórgia, nos Estados Unidos, enquanto Alysha Newman, campeã dos Jogos da Commonwealth, saltou de Ontário, no Canadá.

Mesmo sob um forte calor de 39ºC, Stefanidi dominou a competição desde o início. Após os 15 minutos iniciais, a grega já marcava 19 pontos, contra 16 de Nageotte e 12 de Newman. Na soma dos saltos das três atletas, a marca era de 47, corresponde ao mesmo número obtido pelos homens há duas semanas dentro do mesmo período.

A rivalidade sadia entre homens e mulheres, aliás, foi muito aflorada ao longo da semana. Elas estavam na expectativa de bater os 96 saltos realizados por eles, no agregado, na primeira edição do Ultimate Garden Clash.

Após uma intensa primeira parte, com cem por cento de aproveitamento, Stefanidi pareceu ter sentido o cansaço e errou duas tentativas na parte final. Ela perdeu bastante tempo para recolocar o sarrafo no lugar, principalmente, na segunda falha, em que levou cerca de dois minutos para reposicionar a barra. Ela sentia fortes dores no braço já como consequência do intenso esforço realizado até ali.

A segunda edição do Ultimate Garden Clash foi um sucesso (Reprodução/WA)
Na reta final, a grega conseguiu concluir alguns saltos, o que a deu a primeira colocação da disputa feminina, mas que não foi suficiente para ultrapassar o "recorde" masculino. Ao todo, as mulheres acabaram com 85 saltos, 11 a menos do que os homens.

"Eu me diverti muito", disse a campeã. "Fiquei muito empolgada após o primeiro tempo, porque tinha 19. Pensei que poderia dar menos dois saltos no segundo tempo e ainda igualar a pontuação dos dois (Renaud Lavillenie e Armand Duplantis, que acabaram com 36 pontos), mas depois errei dois saltos".

Stefanidi elogiou o formato da disputa e deixou em aberto a possibilidade enfrentar os vencedores da competição masculina, Lavillenie e Duplantis. "Eu faria isso, mas preciso de três semanas para me recuperar. Os homens estavam competindo 1,20m abaixo de seus PBs (personal bests, ou melhores marcas da carreira), enquanto estávamos competindo 90cm abaixo dos nossos, então teríamos que ajustar as alturas. Mas sim, me dê três semanas e eu farei", disse a grega. Os homens saltaram a marca de 5.00m.

Mais uma vez, a competição foi um sucesso. Transmitida ao vivo pelo Facebook, Twitter e YouTube da World Athletics, reuniu centenas de milhares de espectadores. Em menos de 24 horas, mais de um milhão de pessoas já assistiram o vídeo da disputa - que ficou gravada. Caso queira assistir a divertida disputa, veja abaixo.

Foto: Mitch Krier/WA

Nenhum comentário:

Postar um comentário