Últimas Notícias

Ginástica Artística é a primeira equipe do Brasil a embarcar para os Jogos Olímpicos de Paris

Marine Ziehe/COB

 

A Seleção Brasileira de ginástica artística foi a primeira equipe do Time Brasil a viajar oficialmente para a preparação final para os Jogos Olímpicos de Paris. Trajados com os uniformes oficiais de viagem da delegação brasileira, atletas e comissões técnicas das equipes feminina e masculina de ginástica artística partiram neste sábado(6) do aeroporto de Viracopos, em Campinas, em um voo sem escalas da Azul, patrocinadora do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e companhia área oficial do Time Brasil, rumo à sede olímpica de 2024. 

De lá, Rebeca Andrade, Flávia Saraiva, Arthur Nory e companhia seguem para Troyes, cidade a 160km da capital francesa, onde passarão por um período de treinamento e aclimatação antes da competição. A ginástica artística também será a primeira equipe do Time Brasil a entrar na Vila Olímpica, no dia 18 de julho.

Ao todo, 27 integrantes da delegação de ginástica artística embarcaram para França neste sábado. Além de atletas titulares e reservas, a equipe é formada por sete treinadoras e treinadores, uma médica, dois fisioterapeutas, duas psicólogas, um preparador físico e uma massoterapeuta. O diretor esportivo da Confederação Brasileira de Ginástica, Henrique Motta, e a gestora esportiva do COB, Juliana Fajardo, chefiarão o time de ginástica artística nos Jogos Olímpicos. 

“Estou muito animada, é uma sensação maravilhosa embarcar para os Jogos Olímpicos. É muito legal essa sensação. Estou mais animada ainda porque na última edição não fomos com a equipe e eu amo compartilhar os meus momentos com pessoas. Enriquece tudo ainda mais. Estou muito feliz em poder vivenciar tudo isso que está sendo feito para valorizar todos os esportes. Para que a gente possa crescer, ter cada vez mais visibilidade e que o esporte brasileiro continue sendo uma potência e a gente represente da melhor maneira”, destacou a campeã olímpica Receba Andrade ao site do COB

A ginástica desembarcará no aeroporto de Orly, no centro de Paris, e de lá segue de ônibus até a cidade de Troyes, onde será realizada a preparação final em um centro de treinamento exclusivo para o Brasil. Lá, a equipe ficará hospedada a 5 minutos a pé das instalações esportivas, garantindo eficiência na rotina de treinamentos. Além disso, a cidade dispõe de uma estrutura de alojamento completa e suportes que atendem a todas as demandas da modalidade. A possibilidade de elaborar o próprio cardápio, adaptado às necessidades específicas dos atletas, é outro ponto forte que contribui significativamente para o desempenho e bem-estar dos ginastas.

No aeroporto de Viracopos, os atletas foram bastante requisitados pelos outros passageiros, com muitos pedidos de selfies, autógrafos e desejos de sucesso e boa sorte em Paris. Também atenderam a imprensa em uma concorrida zona mista.

“Estou muito feliz. Estava muito ansioso hoje para a viagem. Chegando aqui que pude entender que é real. Estamos nos sentindo celebridades nesse embarque. Sempre imaginamos isso. É muito bacana e motivadora essa valorização dos atletas. O sentimento de representar e vestir essa camisa do Time Brasil em mais uma edição de Jogos Olímpicos não têm como descrever. Estou preparado para tudo, para vencer, para disputar, e acima de tudo ir além de onde eu posso chegar. Foi uma classificação dura, em que eu ganhei muita casca para estar aqui”, afirmou Arthur Nory, medalha de bronze nos Jogos Olímpicos Rio 2016.

"É uma grande alegria para o COB ter uma modalidade tão emblemática como a ginástica artística inaugurando os embarques do Time Brasil para os Jogos Olímpicos de Paris pela nossa companhia aérea oficial, a Azul. Essa parceria estratégica visa oferecer as melhores condições a nossos atletas. Ter um voo direto para Paris traz conforto e comodidade para nossa delegação. Com isso, já iniciamos nossa campanha em Paris 2024 da melhor maneira possível", afirmou Rogério Sampaio, diretor-geral do COB.

O Time Brasil já está a caminho dos Jogos Olímpicos. Ana Sátila e Pepê Gonçalves viajaram para a França nesta sexta (5) e ficarão treinando na raia olímpica de Vaires Sur-Marne até a estreia nos Jogos. Raiza Goulão, do ciclismo mountain bike está na Europa desde o dia 26 na preparação para Paris 2024. 


0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar