Alysson Felix se despede do atletismo com bronze; República Dominicana e Peru fazem noite latina no Mundial de Atletismo


Em uma noite latina, a estadunidense Alysson Felix se despediu do esporte com uma medalha de bronze no Mundial de Atletismo, que teve inicio na sexta-feira (16) em Eugene (USA).

Felix fez parte da equipe que conquistou o bronze do 4x400m misto na final. Tudo indicava que seria um ouro, mas Kennedy Simon perdeu folego no final, e acabou ultrapassada por Fiordaliza Cofel, que levou a República Dominicana ao ouro, e por Femke Bol, dos Países Baixos, que levou a prata.

Após a prova, Allyson, que conquistou a 19ª medalha em mundiais e a 30ª somando com as medalhas olímpicas, disse que foi especial encerrar a carreira nos EUA, e que a filha estava na arquibancada assistindo a prova.

Felix completou dizendo que sabe que os atletas do país levarão o seu legado para o futuro.

A República Dominicana venceu com o tempo de 3:09.82, a melhor marca do ano.


Na Marcha Atlética de 20km feminina, Kimberly Garcia fez história ao conquistar a primeira medalha do Peru em Mundiais de Atletismo, e logo de ouro. A peruana ganhou com o tempo de 1 hora 26 minutos e 58 segundos.

Em segundo lugar ficou a polonesa Katarzyna Zdziebło, a 33s da vencedora e em terceiro, a chinesa Qieyang Shijie, cruzando a linha 58s depois de Garcia.

Na prova masculina, o ouro foi para o  japonês campeão mundial Yamannishi Toshikazu, com 1 hora, 19 minutos e 7 segundos. A dobradinha japonesa veio com Ikeda Koki, a 7s do compatriota. O pódio foi completado pelo sueco Perseus Karlstrom.

Foto: REUTERS/Mike Segar

Postar um comentário

To Top