Caio Bonfim fica em sexto lugar nos 20 km da Marcha atlética do Mundial de Atletismo


O marchador Caio Bonfim foi sexto colocado na marcha atlética de 20km do Mundial de Atletismo, que começou nesta sexta-feira (15) em Eugene (USA).

Ele completou as 20 voltas no circuito de 1 km montado próximo ao Estádio Autzen, que faz parte do complexo esportivo da Universidade do Oregon, em 1:19:51.

“São seis participações em Mundiais em três fiquei entre os finalistas e nas outras ou fui desclassificado ou fiquei no pit lane. Então chegar entre os melhores do mundo é difícil, se manter entre os melhores é mais ainda. Fico feliz depois de Tóquio, quando não fiz um bom final de prova e fiquei atrás, voltar a ficar em sexto é bom”, comentou.

“Achei que alguém estava fazendo loucura e eu estava em décimo. Decidi manter o meu ritmo e ir até o final. Passei 40:30 nos primeiros 10 quilômetros, o que daria 1:20, tempo do quarto lugar na Olimpíada”, continuou. “Foi um grande dia. Eu tenho os 35 km daqui a nove dias, é virar a chave, trabalhar e vamos para cima, sabendo que a preparação foi boa e estou bem”, declarou para o canal fechado SporTV.

Bonfim, ganhador da medalha de bronze nos 20 km do Mundial de Londres-2017, fez uma excelente preparação para o Mundial. Fez um camping na cidade norte-americana de Flagstaff, no Arizona, que fica a mais de 2.000 m de altitude. Antes do Mundial ganhou ouro em Podebrady, República Checa, no dia 2 de abril, prata em Rio Maior, Portugal, dia 7 de maio e bronze em La Coruña , Espanha, três dos principais GPs do mundo.

Romani avança para as final do arremesso de peso


Nas qualificatórias do arremesso de peso, Darlan Romani avançou para a final O atual campeão mundial indoor esteve longe do seu melhor, mas avançou com a marca de 20.98m, abaixo da marca de qualificação (21.20m), mas entrou com a 9ª melhor marca.   .

Os outros dois brasileiros ficaram de fora. Wellington Morais (19º) alcançou a marca de 19.80m e William Dourado (21º) ficou com 19.73m

No lançamento de martelo masculino, Allan Wolski ficou apenas com a marca de 71.27m, 26º entre os 28 que participaram e não se classificou pra final

Já Thiago Moura, no salto em altura masculino, também não avançou ao falhar os três saltos em 2.28m. O último classificado também passou com 2.25m, o mexicano Edgar Rivera se classificou por ter menos tentativas.

O revezamento 4x400m misto também na não se classificou, após ficar em 6º lugar na sua bateria semifinal, com 3:18.19, apenas o 14º geral entre os 15 países.

Viviane Lyra terminou em 17º lugar na marcha de 20km feminina, com o tempo de 1 hora 38 minutos e 11 segundos.

No arremesso de martelo feminino, Mariana Marcelino terminou em 29º, com 64.72m, não avançando para a final.

Na marcha atlética masculina de 20km, Caio Bonfim ficou em 6º lugar, com o tempo de 1:19:51. Matheus Correa terminou em 30º, com 1:27:31 e Lucas Mazzo acabou em 36º, com 1:29.32.

No arremesso de peso feminino, Ana Carolina Silva ficou em 26º (16.58m) e Livia Avancini em 28º (16.13m) e não se classificaram para a final.

No salto em distância masculino, Samory Fraga não avançou para a final, terminando com a marca de 7.51m, ficando apenas em 27º.

Já nos 100m masculino, Rodrigo Nascimento (10.11s) ficou em 3º lugar na 3ª bateria avançando, Erik Cardoso (10.18s) também ficou em terceiro na sua bateria, a sexta, se classificando. Já Felipe Bardi terminou em quinto na sétima bateria (10.22s) e não avançou.

Foto: Reprodução/Twitter

Postar um comentário

To Top