Em grande fase, dupla brasileira fica perto da primeira medalha nos Saltos Ornamentais em Budapeste

Ao lado de Rafael Fogaça, Ingrid Oliveira obteve outro grande desempenho em Budapeste (Foto: Divulgação/CBDA)

O Brasil conquistou mais um excelente resultado nos Saltos Ornamentais no Mundial de Esportes Aquáticos de Budapeste. Nesta quarta (29), Ingrid Oliveira e Rafael Fogaça ficaram com a 6ª colocação na prova de equipe mista combinada (plataforma de 10m e trampolim de 3m), com 348.55 pontos, a 9.1 pontos da medalha.

Os brasileiros estiveram na briga por medalhas durante toda a prova. O ouro ficou com Hongchan Quan e Yuming Bai, da China com 391.40 pontos, prata foi para a França, com Jase Gillet e Alexis Jandard, com 358.50 pontos, e o bronze para a Grã-Bretanha, com Andrea Sirieix e James Heatly, que fizeram 357.60 pontos.

Os brasileiros já tinham conquistado excelentes resultados em suas provas individuais. Rafael, em seu primeiro Mundial, chegou à final do trampolim de 3m, fechando na 10ª colocação. Por sua vez, Ingrid conquistou o melhor resultado entre os brasileiros na história da competição, com um 4º lugar na plataforma de 10m, na segunda (27).

Para a história! Ingrid Oliveira conquista melhor colocação do Brasil nos Saltos Ornamentais em Mundiais

Mais Brasil na Duna Arena

Anna Lucia dos Santos esteve na disputa das eliminatórias do trampolim de 1m feminino, mas com 220.25 pontos não avançou à final.

A atleta também disputou a final do trampolim de 3m sincronizado misto com Rafael Fogaça. A dupla encerrou sua participação na 12ª colocação, com 234.60 pontos. Ouro para a China, prata para Itália e bronze para Grã-Bretanha.

Próximos passos

Nesta quinta (30), teremos mais brasileiro na disputa dos Saltos Ornamentais. Rafael Fogaça disputa as eliminatórias do trampolim de 1m masculino.

Código adsense convertido aqui

Postar um comentário

Bem-vindos ao Surto Olímpico!
Bem-vindos ao Surto Olímpico!
To Top