Brasil vence o Uruguai e mantém a invencibilidade nas eliminatórias da Copa do mundo de basquete




Já classificado, o Brasil foi até Montevidéu no Uruguai para enfrentar os donos da casa  e não tomou conhecimento, vencendo por 73 a 60 e mantendo os 100% de aproveitamento nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de basquete de 2023.

Com 15 pontos e 7 rebotes, Rafael Mineiro foi o o grande destaque do Brasil no jogo. Rafa Luz com 13 pontos e Marcelinho Huertas com 12, foram outros destaques na tabela de pontos. Já Lucas dias, marcou apenas 2 pontos, mas foi crucial no jogo com 10 rebotes, seis assistências e quatro roubadas de bola.

Do lado do Uruguai, O estadunidense naturalizado uruguaio Jayson Granger marcou 20 pontos


O jogo


O Brasil começou o jogo com dois armadores (Marcelinho Huertas e Georginho) e três jogadores altos (Lucas Dias, Rafael Mineiro e Lucas Mariano), buscando forçar a baixa estatura dos pivôs uruguaios. Mas defensivamente Jayson Granger e Esteban Batista dominaram a área do garrafão brasileiro na primeira metade do quarto. Bruno Caboclo e Rafa Luz entraram no decorrer do primeiro período e o Brasil melhorou, abrindo boa vantagem de 12 pontos - 24 a 12 no fim do quarto.


No segundo período, o Brasil continuou marcando forte e apesar de fazer poucos pontos, os uruguaios  foram limitados a poucos pontos também. O jogo acabou ficando mais faltoso e Bruno Caboclo e Jayson Granger chegaram a se estranhar em quadra, o que levou a arbitragem a dar falta antidesportiva no ala-pivô brasileiro, gerando reclamações da seleção brasileira. Mesmo com a tentativa de desestabilizar o Brasil, a diferença não diminuiu consideravelmente e o primeiro tempo terminou com uma vantagem de 11 pontos para os comandados de Gustavo di Conti, 43 a 32.


Na volta do intervalo, o Brasil começou arrasador, fazendo uma corrida de 12 a 0 para ampliar ainda mais a vantagem na partida. No fim do quarto, o Uruguai ficou limitado a apenas 10 pontos eo Brasil deixou a vantagem ainda mais larga - 62 a 42


No quarto final, o Uruguai tentou chamar a sua torcida para o jogo usando a sua força nas bolas de 3, mas o Brasil sempre tinha uma resposta, graças a ótima atuação de Rafael Mineiro no jogo.Nos últimos minutos da partida, Gustavo Di Conti botou na quadras os reservas para ganhar minutos e os uruguaios conseguiram diminuir a vantagem, mas não o suficiente para mudar os rumos do jogo, Brasil 73 a 60.


O próximo jogo que fecha a primeira fase das Eliminatórias será no domingo (3), contra a Colômbia em Barranquilla


foto: Fiba/Divulgação


Código adsense convertido aqui

Postar um comentário

Bem-vindos ao Surto Olímpico!
Bem-vindos ao Surto Olímpico!
To Top