Brasil supera Argentina na estreia da Copa América Sub18 de basquete

 




Na reedição da final do sul-americano sub18 realizado em março, o Brasil sofreu, mas venceu novamente a Argentina na estreia da Copa América sub18 de basquete masculino. O jogo disputado na Arena Zonkeys teve um Brasil dominante nos três primeiros quartos, mas no último período a Argentina reagiu e quase virou o jogo, mas os comandados de Vitor Galvani souberam segurar a vantagem para estrear com vitória por 60 a 55 na competição.


Reynan foi o grande destaque brasileiro do jogo, com 14 pontos. Du Klafke veio do banco e também marcou 14 pontos e Gabriel Landeira marcou 11 pontos. Do lado Argentino, Nicolas Stenta marcou 14 pontos. 


 "A gente sabe que existe uma ansiedade, campeonato internacional assim. E a gente fica feliz de ver a equipe conseguir se portar, colocar em prática tudo que treinamos nestas semanas. E conseguimos a vitória. Tudo que vamos conseguir nesta competição, parte da defesa. E assim foi hoje contra a Argentina" disse Vitor Galvani, técnico do Brasil, após a vitória.


O Jogo


Com uma boa intensidade defensiva, a seleção sub18 do Brasil fez um bom primeiro quarto controlando o jogo e abrindo uma vantagem de quatro pontos com Reynan e Leandro comandando as ações ofensivas nos primeiros dez minutos. 


No segundo quarto, a defesa continuou a se sobressair, com vários tocos nas infiltrações, o que obrigou os argentinos a forçarem arremessos longe do garrafão brasileiro - nenhuma bola de três dos albicelestes foi convertida no primeiro tempo. No fim do segundo quarto, uma bola certeira de três de Du Klafke no estouro do cronômetro fez o Brasil terminar na frente com uma vantagem de 11 pontos - 35 a 24


No terceiro período, o Brasil manteve o ritmo forte na defesa e com ótima atuação ofensiva de um dos caçulas da seleção Du Klafke, o Brasil aumentou ainda mais a vantagem, 51 a 35. No último quarto,  parecia que o Brasil manteria o ritmo dos quartos anteriores, mas foi a Argentina aproveitou o mau início do Brasil e reagiu com uma corrida de 9 a 0 nos primeiros três minutos do quarto final, reduzindo a diferença para sete pontos.


Reynan, MVP do último sul-americano, foi fundamental fazendo os primeiros pontos do Brasil no último quarto e conseguiu manter o Brasil no jogo. Mas o resto da equipe não conseguiu render como antes e os argentinos continuaram a brigar no ataque, ganhando mais rebotes e diminuindo a diferença para cinco pontos a menos de três minutos para o fim. 


O jogo ficou tenso nos minutos finais com brasileiros e argentinos indo para a linha de lance livre. E Reynan continuou a chamar a responsabilidade para si no ataque para manter o Brasil na frente. O minuto final teve contornos dramáticos com a Argentina tendo chance de se aproximar mais no placar, mas um toco de Cauã nos segundos finais deu a força para o Brasil fechar o placar por 60 a 55.


O Brasil agora enfrenta o México, na madrugada de quarta (8) às 00:30.


foto: FIBA/Divulgação


Postar um comentário

To Top