Nathalie Moellhausen faz boa campanha e termina no Top 15 do Grand Prix de Espada


O domingo (1º) foi de boas exibições brasileiras internacionais na espada. O destaque maior foi de Nathalie Moellhausen que esteve muito bem em pista e ficou entre as 15 melhores do Grand Prix de Espada em Cairo, no Egito. Ainda no torneio, mas no masculino, Richard Grunhauser deu trabalho ao vice-campeão olímpico e, por pouco, não saiu vitorioso.

No feminino, a brasileira era uma das cabeças de chave da disputa. Por esse motivo, ela já começou a sua campanha no quadro de 64 principal. Na fase, ela teve um combate sul-americano contra a paraguaia Montserrat Viveros. Nathalie se impôs e derrotou a adversária por 15 a 11.

Na fase seguinte, a campeã mundial teve um compromisso contra a estoniana Irina Embrich. A brasileira fez grande exibição e passou pela oponente por 15 a 8.

Já no quadro de 16, Nathalie enfrentou a francesa Auriane Mallo. A atleta do Brasil esteve na liderança do placar durante grande parte do jogo. Entretanto, no momento crucial, a europeia acabou conseguindo toques decisivos, o que acarretou a derrota da brasileira por 15 a 14, rendendo o 14º lugar para a representante verde e amarela.

Ainda no Egito, o Brasil foi defendido por um atleta na fase principal do Grand Prix de Espada masculino. Após grande performance nas etapas anteriores, Richard Grunhauser encarou o atual vice-campeão olímpico, Gergely Siklosi, da Hungria, no quadro de 64.

A partida foi muito acirrada e, por muito pouco, o brasileiro não conseguiu eliminar o medalhista de prata em Tóquio. Ao final do pleito, o húngaro acabou triunfando por 15 a 13.

“Foi um excelente combate. Sabia que teria que entrar ligado desde o início, porque era um adversário fortíssimo. Isso acabou me fazendo hesitar em alguns momentos no início do combate, mas logo me soltei mais e joguei melhor”, analisou Grunhauser.

“O combate foi disputado do início ao fim, sendo decidido mesmo só no último toque. Consegui aplicar umas ações muitos boas, estou bem feliz com meu jogo. Infelizmente não deu dessa vez, mas saio da competição muito confiante para as próximas”, finalizou o brasileiro, que tem como compromisso seguinte a Copa do Mundo de Espada em Heidenheim, na Alemanha, a partir do dia 12 deste mês.
Brasileiras no florete

O domingo também foi de disputa no florete. Na cidade alemã de Tauberbischofsheim, Bia Bulcão, Gabriella Vianna e Talia Calazans formaram equipe para disputar o torneio coletivo da Copa do Mundo da arma. As brasileiras acabaram ficando na 17ª posição ao terem sido batidas por 45 a 35 pelo Chile no quadro de 32.

Foto: Bizzi Team/FIE
Código adsense convertido aqui

Postar um comentário

Bem-vindos ao Surto Olímpico!
Bem-vindos ao Surto Olímpico!
To Top