Com mais quatro ouros, Brasil encerra Pan de Taekwondo com melhor campanha da história


O Brasil é o campeão geral do Campeonato Pan-Americano de Taekwondo. A seleção brasileira conquistou, ao todo, 13 medalhas na competição finalizada na quarta-feira (4), em Punta Cana, na República Dominicana. Esta é a melhor campanha do Brasil na história da competição.

Foram seis medalhas de ouro três de prata e quatro de bronze conquistadas pelos brasileiros na competição. Clayton dos Santos foi eleito melhor técnico da competição.

“Coroamos esta bela campanha com 13 medalhas e a melhor campanha da história do Brasil nesta competição. Gostaria de parabenizar a todos os atletas e membros da comissão técnica que trabalharam arduamente junto à CBTKD e ao COB para que o Taekwondo brasileiro chegasse a este nível”, disse o chefe de equipe e diretor técnico da CBTKD, Henrique Precioso.

Campeã do Porto Rico Open e do Rio Open, Milena Titoneli, até 67 kg, estreou na competição com vitória sobre a argentina Victoria Rivas. Na semifinal, ela superou a americana Alena Viana já nos dois primeiros rounds, evitando o terceiro, de acordo com a nova regra. Na disputa decisiva, Milena foi superior à mexicana Leslie Soltero e conquistou a medalha de ouro para o Brasil.

Também campeão do Rio Open, Edival “Netinho” Marques, que luta na categoria até 74 kg, passou sua primeira luta sobre o colombiano Juan Sebastian Valencia. Na semifinal, Netinho fez valer seu ritmo de luta e garantiu a vitória já nos dois primeiros rounds para assegurar um lugar na luta decisiva. Na final, Netinho venceu Rene Lizarraga, do México, e levou o ouro e 40 pontos no ranking Mundial e Olímpico.

Campeão e eleito melhor atleta do Rio Open, na categoria até 63 kg, Gabriel Fabre passou sua primeira luta com tranquilidade sobre o atleta de Porto Rico. Na sequência, o atleta brasileiro venceu o mexicano Carlos Navarro nos dois primeiros rounds e garantiu um lugar na final. Na luta decisiva, Gabriel superou o argentino Lucas Guzman nos dois primeiros rounds e conquistou o ouro para o Brasil.

Caroline Gomes, até 62 kg, estreou com vitória sobre a venezuelana Alexmar Sulbaram. Depois, venceu Faith Dilon, dos Estados Unidos, e garantiu um lugar na final do Campeonato Pan-Americano. Na luta pelo título, contra a colombiana Katherine Dumar, Caroline soube controlar a luta, vencer e conquistar mais um ouro para o Brasil.

Sandy Macedo começou sua campanha no Pan-Americano com vitória sobre a colombiana Daniela Munoz. Na semifinal, Sandy se impôs e garantiu um lugar na final ao vencer a chilena Fernanda Aguirre. Na disputa decisiva, a atleta brasileira foi superada pela canadense Skylar Park e ficou com a prata.

Depois de conquistar o ouro nos Jogos Sul-Americanos da Juventude em Rosário, Henrique Marques, até 80 kg, estreou no Pan-Americano vencendo Jose Benites, do Equador. Na sequência, enfrentou e venceu o campeão dos Jogos Pan-Americanos Miguel Trejos, da Colômbia. Na semifinal, Henrique acabou superado pelo americano Carl Nickolas e garantiu o bronze.

Talisca Reis, até 53 kg, iniciou o Pan-Americano com propriedade. A atleta brasileira superou a colombiana Lucero Gomez. Na semifinal, Talisca acabou superada pela americana Makayla Greenwood e conquistou a medalha de bronze. O dia também teve o atleta Gabriel Santos, até 68 kg, que foi derrotado nas oitavas de final.

Foto: Divulgação/CBTKD

Postar um comentário

To Top