Com foco no Parapan de Santiago, Dayanne Silva encara o Brasileiro de Natação Paralímpica em São Paulo


Ainda faltam 555 dias para a abertura dos Jogos Parapan-Americanos de Santiago, em novembro de 2023, mas a nadadora Dayanne Silva, integrante do Time Ajinomoto, já colocou a competição no seu radar. E para chegar bem-preparada no principal evento esportivo do paradesporto nas Américas, ela vai em busca de ótimos resultados no Campeonato Brasileiro de Natação, que começa na quinta-feira (12). 

A competição, que só terminará no sábado (14), será realizada nas dependências do Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro (CTPB), em São Paulo (SP).

Dayanne Silva tem uma relação especial com os Jogos Parapan-Americanos. A nadadora, natural de São Tomé (RN), já participou de três edições da competição, voltando para casa com medalha em todas elas. Foi ouro em Toronto-2015 e bronze em Guadalajara-2011, nadando na prova dos 50 m borboleta classe S6 (para atletas com limitações físico-motoras). Na edição de Lima-2019, Dayanne ficou com a medalha de prata no revezamento 4 x 100 m medley.

“Como o ciclo da Paralimpíada de Paris 2024 será mais curto, o nosso planejamento colocou o Parapan de Santiago como uma das etapas principais da preparação”, explica a integrante do Time Ajinomoto. Antes disso, contudo, terá o Campeonato Brasileiro como parte importante do processo de preparação. “Fiz um treinamento bem intenso para o Brasileiro. Ainda estou em uma segunda fase de força, visando também a minha participação no Campeonato Paulista, que será realizado em junho”, explicou.

Neste Campeonato Brasileiro, Dayanne está inscrita para disputar três provas, entre quinta e sexta-feira (13). Além dos 100 m costa e 50 m borboleta, que são as suas especialidades, ela também integrará o revezamento de 100 m medley misto, em que representará a equipe do Vasco da Gama (RJ).

Foto: Divulgação

Postar um comentário

To Top