Guilherme Costa, Bruce Hanson e Viviane Jungblut se classificam para a prova de 10km do Mundial de Budapeste

Bruce Hanson, Viviane e Guilherme posam para foto. Todos vestem os agasalhos de seus clubes: Bruce é do Paineiras, Viviane é do GNU e Guilherme é atleta da Unisanta

O Brasil conheceu nesta sexta-feira (15) seus representantes na prova de 10km de águas abertas no Mundial de Esportes Aquáticos Budapeste 2022. Guilherme Costa (o Cachorrão), Bruce Hanson Almeida e Viviane Jungblut se juntam a campeã olímpica Ana Marcela Cunha na disputa da prova principal da modalidade.

Os atletas foram selecionados através do Campeonato Brasileiro Interclubes de Águas Abertas que acontece nesta semana na Represa Billings em São Bernardo do Campo. Na prova masculina, Guilherme Costa foi o campeão com um tempo de 1:48:45.0. Cachorrão assumiu a liderança na altura dos 6km e foi abrindo vantagem para os demais nadadores.

Bruce Hanson Almeida ficou boa parte da prova na briga pelas primeiras posições. Nos metros finais, se distanciou dos outros nadadores que lutavam pela segunda colocação e concluiu a prova em 1:49:25.0, terminando dois segundos à frente do jovem Luiz Felipe Loureiro que completou o pódio da prova masculina.

No feminino, a prova não teve a participação de Ana Marcela Cunha, que já estava classificada para o Campeonato Mundial. Viviane Jungblut confirmou o favoritismo para conseguir a segunda vaga feminina do Brasil nos 10km. Na prova ela teve uma boa disputa com a italiana Rachele Bruni que competiu pelo mesmo clube de Viviane, o Grêmio Náutico União, de Porto Alegre, com as duas se alternando na liderança. A brasileira teve um bom sprint final para vencer a prova com 1:55.34.0. Quem levou a medalha de bronze foi Cibele Jungblut, irmã mais nova de Viviane. 

Foto de capa: Divulgação/CBDA 
Código adsense convertido aqui

Postar um comentário

Bem-vindos ao Surto Olímpico!
Bem-vindos ao Surto Olímpico!
To Top