Mesatenistas brasileiros são eliminados no torneio individual masculino do WTT Grand Smash


O primeiro dia da fase principal do WTT Grand Smash, em Singapura, não foi feliz para os brasileiros. 
Após duelos acirrados no torneio individual, Hugo Calderano (3º colocado no ranking mundial) e Vitor Ishiy (51º) acabaram perdendo os seus jogos e caindo na fase de 64 nesta sexta-feira (11). Nas duplas femininas, o destino foi o mesmo para Bruna Takahashi e Caroline Kumahara, que também se despediram da competição na Ásia.

O número três do mundo foi o primeiro a ir à mesa. Em partida contra o português João Geraldo (62º), Calderano teve um embate muito duro contra o oponente, que acabou o derrotando por 3 sets a 2. O mesmo placar foi aplicado pelo sueco Kristian Karlsson (28º) na disputa contra Vitor Ishiy. Na fase de 32 das duplas femininas, Caroline e Bruna (361ª parceria do ranking mundial) foram superadas por 3 a 0 pelas atletas da casa, Zeng Jian e Lin Ye (21ª melhor dupla).

Hugo Calderano se despede em embate de tirar o fôlego


O duelo luso-brasileiro foi iniciado com muito equilíbrio, com ambos alternando pontos até a metade da parcial. O primeiro a conseguir abrir vantagem foi Geraldo, que colocou 8 a 5 no decorrer do embate. O português chegou a ter três set points, mas Calderano o impediu e aplicou uma grande virada: 12 a 10 para o brasileiro.

O panorama inicial do segundo set foi parecido com o do inaugural. A diferença foi durante o decorrer da parcial, em que João Geraldo conseguiu uma larga vantagem contando com boas jogadas e erros de Calderano. Com isso, o português teve a parcial na mão, que foi fechada em 11 a 3. Era o empate no confronto.

O brasileiro voltou mais ligado no compromisso seguinte e, com isso, ele abriu três pontos de diferença nas três primeiras trocas de bola. A dianteira foi mantida no percorrer da primeira metade do duelo, mas eliminada no 11º ponto, momento em que Geraldo virou o set para 6 a 5. A partir de então, o número 3 do mundo não conseguiu mais voltar para o jogo, ocasionando na derrota no set por 11 a 7.

Hugo retornou à mesa muito mais concentrado e abriu uma vantagem de 9 a 1. O português ainda buscou uma reação diminuindo o placar para 9 a 5. Com o esboço de melhora portuguesa, Calderano pediu tempo. Após a pausa, Geraldo encaixou vários pontos seguidos e conseguiu uma virada espetacular. O português chegou a ter o match point em 10 a 9, mas o brasileiro se recuperou, evitou a derrota e saiu com a parcial vencida por 12 a 10.

O último set foi mais equilibrado desde o início e com ótimos ralis. O atleta lusitano chegou a abrir a dianteira de 6 a 3, e o brasileiro equilibrou em 7 a 6, forçando o pedido de tempo de Geraldo. A parada surtiu efeito, Calderano não fez mais nenhum ponto e, com isso, João Geraldo fechou o set em 11 a 6 e jogo em 3 sets a 2.

Em partida de cinco sets, Vitor Ishiy se despede do individual


Outro brasileiro que teve um duelo parelho foi Vitor Ishiy. Em um embate que durou mais de 40 minutos, ele ficou muito perto de bater o sueco Kristian Karlsson, mas acabou deixando escapar no final: 3 a 2 para o atleta nórdico.

Ishiy teve um bom início de jogo e venceu a primeira parcial com uma boa folga, 11 a 5. Porém, no set seguinte, o sueco melhorou na partida e conseguiu colocar 11 a 8 no placar. O desempate foi conquistado pelo brasileiro que voltou a vencer por 11 a 5, porém ele viu o oponente se redimir no confronto e voltar à igualdade com um 11 a 6. No quinto e último set, o atleta do Brasil tentou se impor, mas terminou superado por 11 a 8.

“Eu tive grandes chances nesse jogo contra um adversário bem difícil. No geral, acho que joguei bem taticamente, mas, infelizmente, não pude aproveitar algumas vantagens que tive na partida e as oportunidades, principalmente, no último set”, avaliou o brasileiro.

Dupla Bruna Takahashi/Caroline Kumahara perde para anfitriãs


As representantes do Brasil nas duplas femininas fizeram uma boa exibição, mas não conseguiram segurar as atletas da casa, Zeng Jian e Lin Ye. As singapurenses formam a 21ª melhor parceria feminina do ranking mundial, o que já demonstrava o desafio que as brasileiras teriam pela frente.

A primeira parcial foi conquistada pelas mesa-tenistas de Singapura com larga vantagem, 11 a 5. O combinado do Brasil equilibrou bastante o set seguinte e chegou a levar o duelo ao 10 a 10, mas, por fim, terminaram superadas por 12 a 10. No terceiro, a dupla da casa voltou a se mostrar superior no embate e finalizou o confronto em 11 a 7.

Na madrugada deste sábado (12), Bruna Takahashi (32ª) volta à mesa para disputar a fase de 64 do torneio individual feminino diante da sul-coreana Yang Haeun (85ª), às 3h50 (de Brasília). No masculino, pela mesma fase, o Brasil será defendido por Gustavo Tsuboi (40º), que terá confronto complicado contra o número 9 do mundo, Timo Boll, da Alemanha, às 8h50.

O país ainda conta com representantes nas duplas masculinas e mistas. No desafio da primeira, Ishiy/Eric Jouti confronta a 20ª dupla do mundo, os austríacos Robert Gardos e Daniel Habesohn, na fase de 32, enquanto Ishiy/Bruna Takahashi (15ª) pega Sathiyan Gnanasekaran/Manika Batra (10ª) pelas oitavas de final. Os horários ainda não foram divulgados.

Foto: WTT

Postar um comentário

To Top