Em Viña del Mar, etapa do Circuito Sul-Americano de vôlei de praia marca volta de Bruno Schmidt


Bruno Schmidt

Bruno Schmidt está de volta às competições. Após disputar os Jogos de Tóquio, o campeão olímpico no Rio 2016 passou por uma cirurgia no joelho direito, mas já tem retorno marcado. De sexta-feira a domingo, Bruno e Saymon, seu novo parceiro, vão representar o Brasil na quarta etapa do Circuito Sul-Americano de Vôlei de Praia, em Viña del Mar, no Chile. No torneio feminino, a parceria brasileira será Tainá/Victoria. Em dezembro, Vic foi campeã do Pan-Americano Junior jogando ao lado de Thainara.

“Não vejo a hora de começar a jogar depois de tanto tempo parado. Está dando bem mais trabalho do que eu achava. Voltar a jogar está sendo um momento muito marcante. Sonhei muito com isso. E começar com o Sul-Americano vai ser muito interessante. Tem os Grimalt do Chile, os irmãos Capogrosso da Argentina. Acho que vai ser um torneio excelente para voltar a jogar. Eu e Saymon temos tudo para dar certo. Ele tem um vigor físico excepcional, muita força, é um bloqueador nato. É tudo que preciso nesse momento e, na verdade, o que sempre precisei na minha carreira. Isso me motiva ainda mais a correr atrás e fazer tudo direitinho”, afirmou Bruno Schmidt.

No Circuito Sul-Americano, as duplas somam pontos para o país. A primeira etapa foi disputada no ano passado, em Santiago, no Chile. George e André Stein levaram o ouro; e Thâmela/Elize Maia, o bronze. Na segunda, mais um ouro para o Brasil com Adrielson/Arthur Mariano, em San Juan (ARG). Em Montevidéu (URU), na terceira etapa, foi a vez de Ângela e Neide conquistarem a medalha de ouro.

Após a disputa em Viña del Mar, ainda estão previstas etapas em Mollendo, no Peru, de 4 a 6 de março; e em Cochabamba, na Bolívia, de 11 a 13 de março. O torneio final, que reúne os melhores países da temporada, está marcado para Uberlândia (MG), de 13 a 15 de maio.

Foto: William Lucas/INOVAFOTO/CBV

Postar um comentário

To Top