Bruno Soares e Jamie Murray avançam para final do Rio open nas duplas; Schwartzman e Alcaraz fazem a final no simples



Vamos ter brasil na decisão de duplas do Rio Open. Bruno Soares e seu parceiro brtiânico  Jamie Murray venceram os cabeças de chave número 1 e campeões da edição 2020 do Rio Open o argentino Horacio Zeballos e o espanhol Marcel Granollers, por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 6/2, e terão pela frente neste domingo, ainda em horário a ser definido, os vencedores da partida entre os italianos Fabio Fognini e Simone Bolelli e o mexicano Santiago Gonzalez e o argentino Andres Molteni, que será disputado no domingo, já que o italiano passou por dois jogos de simples no sábado..


Soares vai tentar ser o primeiro brasileiro a conquistar um título do Rio Open. os brasileiros que mais chegaram perto foram Marcelo Melo em 2014, que ao lado do espanhol David Marrero foram vice, mesmo resultado de Rogério Dutra Silva e Thomaz Bellucci em 2019. Bruno fez cinco semifinais do torneio, duas ao lado de Murray, em 2017 e 2018.


É muito especial estar na final aqui, é por esses momentos que eu ainda jogo tênis. Tenho a chance de vencer em casa uma vez por ano, porque só temos um torneio ATP no Brasil. Poder concretizar isso amanhã, na frente da torcida, dos meus amigos e familiares, vai ser uma das maiores conquistas da minha carreira. Difícil comparar com um Grand Slam, mas será maior do que ganhar um Masters 1000. Se eu pudesse escolher entre ganhar Indian Wells e Rio Open, não tenho dúvida de que prefiro o Rio Open", disse o tenista de 39 anos.


O torneio de simples aproveitou para fazer todas as partidas que foram adiadas por conta da chuvas dos últimos dias. O argentino Diego Schwartzman teve que jogar duas vezes no sábado, vencendo Pablo Andújar por 2 sets a 1 (7/6, 4/6 e 6/4) na tarde e Facundo Cerundolo por 2 sets a 0 (7/6 e 6/3) chegando a decisão no simples, em busca do bi do Rio Open - ele venceu no Rio de Janeiro em 2018.


Quem também jogou duas vezes no sábado e chegou a final foi o espanhol Carlos Alcaraz, que derrotou o favorito Matteo Berrettini da Itália por 2 sets a 1 (6/2, 2/6 e 6/2) e pouco tempo depois o jovem tenista de 18 anos enfrentou outro tenista italiano,  Fabio Fognini e venceu por 2 sets a 0 -(6/2 e 7/5). Essa vai ser a primeira final de ATP 500 da revelação espanhola, no mesmo local onde ele conseguiu a primeira vitória no circuito da ATP, dois anos atrás.


Foto: Photojump/Divulgação

Postar um comentário

To Top