Em final emocionante, equipe feminina da Grã-Bretanha garante vaga no torneio de curling em Pequim 2022



Depois de um começo ruim a Grã-Bretanha conseguiu no último dia a vaga direta para o torneio feminino de curling na qualificação olímpica da modalidade, que está sendo realizada em Leeuwarden.

A Grã-Bretanha, representada pela Escócia, enfrentou e venceu sem problemas nesta quinta-feira (16) a Itália por 8-1. Mas a equipe precisava contar com uma derrota do Japão para poder assegurar a vaga direta, e foi o que aconteceu. As japonesas foram derrotadas pela já eliminada Turquia por 8-5, o que causou um empate triplo, pois a Coreia do Sul bateu a República Tcheca por 12-6, e as três finalizaram empatadas com 6 vitórias e 2 derrotas.

O primeiro critério de desempate, confronto entre as equipes, não foi o bastante e foi preciso usar o draw shot challenge como critério, o que foi em favor das britânicas, que ficaram com a vaga como melhor equipe na primeira fase.

Japão e Coreia do Sul jogarão entre si na sexta-feira (17) e o vencedor também assegura vaga. O perdedor enfrenta a Letônia, que se classificou com a derrota italiana, igualando a campanha, mas levando a melhor confronto direto. Quem vencer esse jogo, que será no sábado (18), fica com a última vaga em Pequim.

Com a Noruega já classificada no masculino, restava a definição das últimas vagas nos playoffs. Uma era da Itália, as outras duas foram para a República Tcheca em terceiro (5 vitórias e 3 derrotas) e a última para a Dinamarca (4 vitórias e 4 derrotas). Italianos e tchecos jogam na sexta pela segunda vaga na China. O derrotado enfrentará os dinamarqueses, pela derradeira vaga, no sábado. 

Foto: WCF/Steve Seixeiro

Postar um comentário

To Top