Atletas brasileiros já miram treinamentos para Paris 2024


O foco do mundo do esporte já está voltado para 2024, quando acontecerão os Jogos de Paris. Será uma edição dos Jogos Olímpicos ainda mais desafiadora, com um inédito ciclo de apenas três anos, encurtado exatamente por causa do adiamento em um ano dos Jogos de Tóquio, que ocorreram em 2021. Justamente em razão desta periodização de treinamentos peculiar, o Time Ajinomoto, que é uma iniciativa do Projeto Vitória da Ajinomoto do Brasil, já começou sua preparação visando os próximos Jogos Olímpicos.

“Meu maior desafio agora será me reorganizar em questão de equipe e preparação, porque saí da minha antiga equipe e estou me mudando para outro estado e com outro treinador. O objetivo é adaptar-me às mudanças e continuar em alto nível”, diz Milena Titoneli, do taekwondo, que ficou em quinto lugar nos Jogos de Tóquio, categoria 67 kg.

“A cada ciclo, você vai ganhando mais experiência, porém aquele frio na barriga é sempre igual. Então, tento levar estes desafios de encarar um período mais curto de preparação pelo lado positivo, para lidar melhor não só fisicamente, mas também mentalmente, o que é sempre muito importante”, explica Bruna Takahashi, do tênis de mesa, 38ª do ranking mundial e melhor jogadora do Brasil na modalidade.

Apesar de o tempo até os Jogos de Paris ser menor do que o habitual, as duas integrantes do Time Ajinomoto não demonstram preocupação com esta preparação mais apertada. “No meu caso, acredito que será melhor, porque como já estou no topo do ranking, terei mais apoio para continuar entre as melhores e ter chances de classificar para os Jogos de Paris”, afirmou Milena, quarta melhor do mundo no ranking mundial da categoria 67 kg.

Já Bruna Takahashi admite que já está treinando com a cabeça na próxima Olimpíada. “Já tenho dado o meu máximo assim que terminaram os Jogos de Tóquio. Ainda não sabemos exatamente como faremos a preparação, pois o calendário de eventos não foi anunciado, mas certamente irei me dividir entre jogos e treinos na Europa e no Brasil, onde também seguirei com acompanhamento de fisioterapeuta, psicóloga e nutricionista”, disse a mesatenista.

Tanto Milena Titoneli quanto Bruna Takahashi apontam que o programa de educação nutricional Alimentação para Vencer - Kachimeshi® e a utilização da suplementação de aminoVITAL® GOLD serão fundamentais para ajudá-las nesta jornada até os Jogos de 2024, assim como aconteceu em Tóquio. “Depois que comecei a seguir o programa do Kachimeshi® e a usar o aminoVITAL® GOLD, ficou clara a diferença de rendimento no meu corpo, em comparação com quando não fazia uma alimentação controlada”, explica Bruna. “Foi de extrema importância na preparação para Tóquio, porque a alimentação saudável e a suplementação são pontos indispensáveis na preparação de um atleta de alto rendimento. Faz toda diferença em todos os aspectos”, completa Milena.

Foto: Divulgação

Postar um comentário

To Top