Lucas Rabelo supera erros e fica com a prata no Mundial de street - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Lucas Rabelo supera erros e fica com a prata no Mundial de street

Compartilhe

Do Ceará para o top 3 do mundo. Lucas Rabelo foi neste domingo (14), vice-campeão mundial de street, após marcar 27.3 contra 27.5 do norte-americano Jagger Eaton na final do Mundial de street em Jacksonville, na Flórida. Gustavo Ribeiro (PRT) foi o terceiro com 26.3 e Nyjah Huston (USA) foi o quarto com 26.2.


Este foi o primeiro Super Crown do brasileiro e ele repetiu a sua ótima atuação na semifinal, chegando perto do título, porém para isso ele precisou superar suas duas quedas no início da disputa das tricks (manobras). Jagger Eaton, subiu ao seu segundo pódio em competições internacionais, neste ano, em julho, ele foi bronze nos Jogos Olímpicos. 


Ele entrou na SLS após ganhar um wild card (convite) como melhor skatista do Tampa Pro a não ser atleta regular da liga. Sua atuação na final foi impecável, com todas as suas notas, ficando acima de 8.7, entre elas a maior nota em voltas da temporada, com um 9.6.


Kelvin Hoefler foi o quinto com 24.7 e Felipe Gustavo, que entrou direto na final, foi o sétimo com 13.3 pontos.


Surte+: Pamela Rosa é bicampeã mundial em dobradinha com Rayssa Leal

Voltas

Jagger Eaton foi o primeiro a fazer a volta e começou fazendo 9.6, logo na sequência Shane O'Neil fez 9.5. Kelvin fez 7.1, já Lucas caiu durante sua volta, mas mesmo assim, garantiu uma boa nota ficando com 7.7. Felipe teve dois erros, inclusive na sua primeira manobra e tirou apenas 4.3. 


As voltas terminaram com Jagger e O'Neil na lidernaça, seguidos de Lucas e Kelvin e Nyjah Huston na quinta colocação com 6.8.


Tricks

Pior nota da volta, Bocecha fez um switch stance taleslide de front, repetindo a etapa do Arizona e alcançou o 9 club. Kelvin, Lucas e Nyjah erraram suas manobras. Jagger fez um switch stance noseblind, marcou 9.0 e se manteve na liderança, seguido de Felipe e Alex Midler.


Felipe errou a segunda manobra e viu Nyjah pegar a terceira posição com um cabellerial, enquanto Kelvin com um flip tirou 8.8, pegou a vice-liderança. Precisando acertar pra se manter na competição, Lucas errou e diminuiu as suas chances de passar por Final 4.


A segunda metade das manobras começou com mais um erro de Felipe e com Gustavo Ribeiro, fazendo um 9.2 com um kickflip e pulando para os quatro primeiros. Nyjah também recebeu 9.2, em manobra parecida com a de Kelvin e passou pra primeira colocação e o brasileiro somou mais um 8.8. 


Ainda na terceira leva de manobras, Lucas Rabelo acertou um nollie e recebeu 8.9, ficando na quinta colocação. 


Bochehca caiu na última tentativa e não classificou para o Final 4. Apenas Lucas Rabelo chegou na última rodada com chances de alterar os quatro primeiros, ele precisava de 8.2 ou mais pra classificar. Seu adversário direto era Kelvin, que caiu na sua vez, enquanto Lucas fez um ollie 270º, seguido de um boardslide, recebendo 8.7 e se classificou para a decisão.


Final 4

Lucas chegou com poucas chances de título, já que apenas um dez colocava ele na liderança. Nyjah e Gustavo Ribeiro, conseguiam com um 9.3 ultrapassar Eaton. Para o brasileiro, a disputa era pelo pódio. 


E ele começou com um ollie 270º para 9.3 e pulou direto pra segunda colocação. Logo na sequência, Nyjah caiu e Gustavo Ribeiro deixou o skate escapar, deixando Lucas com chances boas de pódio. 


Na última manobra, Lucas repetiu a manobra e aumentou a dificuldade na chegada, tirando 9.1 e precisava de uma nota 8 de Nyjah para manter o pódio. O norte-americano errou, assim como o português e o brasileiro pode comemorar sua prata.


Foto: Reprodução/ SLS

Nenhum comentário:

Postar um comentário