Brasil ganha cinco medalhas na estreia do atletismo em Cali


Nesta terça-feira (30), começou a disputa do atletismo nos Jogos Pan-Americanos Júnior Cali 2021. Foram cinco medalhas no primeiro dia, sendo um ouro, duas pratas e dois bronzes.

A primeira final foi disputada logo pela manhã e teve dobradinha brasileira. Pedro Henrique Rodrigues venceu a final do lançamento de dardo com 74.41m. Luiz Maurício Dias ficou na segunda posição com 71.35m. Tyriq Hosford de Trinidad e Tobago completou o pódio, apenas dois centímetros atrás de Luiz. 

Maria Lucineida da Silva foi bronze nos 10000m feminino com um tempo de 35:10.83. Sofia Mamami do Peru venceu (34:43.80) com Maria Ruiz do México levando a prata (35:02.77). Fabrícia Stedille terminou em nono lugar, com um tempo de 38:51.69.

Outro bronze veio no salto em distância feminino com Thaina Guerrino. Ela conseguiu uma marca de 6.25m. Lissandra Campos ficou em quarto lugar com 6.21m. O ouro foi para Porto Rico, com Paola Fernandez conseguindo saltar 6.33m. Natalia Linares da Colômbia foi prata com 6.27m.

Pódio do salto em distância - Foto: Wagner Carmo/PanamericaPress
Na final dos 5000m, Fabio Jesus Correia levou a prata, completando a distância em 14:30.31. David Nimavia da Bolívia ganhou a prova com 14:21.36. José Chaupin do Peru ficou com o bronze. Miguel Hidalgo (campeão do triatlo em Cali) ficou em quinto lugar na prova com 14:57.73

Também foram realizadas eliminatórias de algumas provas de pista. Nos 100m feminino, Gabriela Mourão venceu a primeira série com um tempo de 11.52. Na bateria seguinte, Vida Caetano foi a terceira mais rápida com 11.75, também garantindo uma vaga na final. Nos 100m masculino, Erik Cardoso foi o mais rápido das eliminatória, vencendo sua bateria em 10.33. Lucas Rodrigues terminou em segundo lugar na sua série. Os dois vão estar na final dos 100m rasos.

Gabriela Mourão na semifinal dos 100m rasos - Foto: Wagner Carmo/PanamericaPress
Nos 400m com barreiras feminino, o tempo mais rápido foi o da atleta olímpica Chayenne Silva com 57.40. Marlene dos Santos foi a terceira colocada da outra semifinal com 59.07. As duas estarão na final. Na prova masculina, o Brasil terá dois finalistas. Matheus Coelho foi o segundo colocado da sua semifinal com 51.73 e Caio de Almeida também ficou na segunda posição com 52.11. 

Chayenne Silva na semifinal dos 400m com barreiras - Foto: Wagner Carmo/PanamericaPress

Fotos: Wagner Carmo/PanamericaPress

0 Comentários