Apesar de avanço em relação as políticas antidoping, Rússia segue suspensa do atletismo - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Apesar de avanço em relação as políticas antidoping, Rússia segue suspensa do atletismo

Compartilhe

A World Athletics reconheceu que a Rússia tem avançado no cumprimento dos requisitos para voltar a disputar competições chancelada pela entidade.

Após a punição imposta em 2015, os poucos atletas liberados competem sob bandeira neutra.

A condição para a Rússia retornasse as competições com o selo da World Athletics, é implementação de uma política de tolerância zero contra o doping e uma estrutura antidoping eficaz.

Rune Andersen, Chefe da Força-Tarefa, responsável para acompanhar o processo, informou em seu relatório que “a Rusaf fez progressos constantes no sentido de cumprir as condições estabelecida para reintegração como membro da World Athletics”.

Ele acrescentou: “Os principais marcos até agora foram alcançados, bem como vários indicadores-chave de desempenho definidos no plano de reintegração”.

Anderson observou que a nova liderança da Rusaf mostrou “compromisso genuíno” para afastar essa marca negativa, mas alertou: “Ainda há pessoa no atletismo russo não abraçaram esta nova cultura e ainda há muito trabalho a ser feito pelo Rusaf para garantir que não exerçam influência”.

Outro fator que tem pesado para a manutenção da punição é a classificação imposta pela Wada a Rusada, laboratório responsável por processar os exames antidoping, que foi declarada não conforme após adulterar testes em seu laboratório em Moscou.

Foto: Tass/Sergey Fadeichev

Nenhum comentário:

Postar um comentário