Sabalenka atropela Krejcikova e garante vaga na semifinal do US Open 2021 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Sabalenka atropela Krejcikova e garante vaga na semifinal do US Open 2021

Compartilhe

Até junho de 2021, a tenista de Belarus, Aryna Sabalenka, nunca tinha chegado às semifinais de torneios Grand Slam. Desde então, a atleta de 23 anos chegou em tal fase decisiva no Torneio de Wimbledon e agora alcançou novamente este patamar no US Open, após ter vencido a jogadora tcheca Barbora Krejcikova, nesta terça-feira (7), por 2 sets a 0 (6-1 e 6-4), em apenas 1h26 de partida.

Na semifinal do Major estadunidense, Sabalenka encara uma das sensações do torneio: a jovem tenista canadense de apenas 19 anos, Leylah Fernandez. Ela vem de vitórias seguidas contra Osaka Naomi (ex-número 1 do mundo e campeã em 2018 e 2020), Angelique Kerber (ex-número 1 do mundo e campeã em 2016) e Elina Svitolina (semifinalista em 2019).

Esse será o primeiro duelo entre Sabalenka e Fernandez. Quem vencer chegará à sua primeira decisão de título da chave feminina de simples, em um Grand Slam, na carreira.


O jogo

Dos quatro primeiros games da parcial inaugural, três tiveram quebras de serviço. Isso fez parecer que o jogo seria extremamente equilibrado, algo que não foi cumprido. Sabalenka abriu 5-1 no placar de forma muito rápida, não dando chances para Krejcikova. No sétimo game, a atleta de Belarus fechou o set em 6-1, sem maiores dificuldades.

A segunda parcial começou com o mesmo domínio de Sabalenka, que quebrou o saque da adversária. Na sequência, ela precisou apenas manter a vantagem adquirida ainda no início do set, para vencer por 6-4 e garantir sua segunda ida à semifinal de um Grand Slam de forma consecutiva.


Apesar de cometer sete duplas-faltas, Sabalenka disparou cinco aces e ganhou 76% dos pontos jogados com o primeiro saque. A diferença entre as tenistas foi tão grande nesta partida, que a tenista de Belarus ganhou mais pontos no saque de Krejcikova, do que a própria atleta tcheca (28 a 27).

Foto: Pete Staples/USTA

Nenhum comentário:

Postar um comentário