Centrais russas definem e Brasil perde no Mundial sub-18 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Centrais russas definem e Brasil perde no Mundial sub-18

Compartilhe

O Brasil foi derrotado pela Rússia por 3 sets a 2 (25/23, 16/25, 19/25, 25/14 e 15/12) em confronto que terminou na madrugada desta quinta-feira (23) em Durango, no México. As brasileiras vinham de vitória na estreia no grupo D do Campeonato Mundial sub-18 de vôlei feminino contra a Argentina, mas acabaram sofrendo com as centrais russas na segunda rodada.


A maior pontuadora do confronto foi a central Natalia Suvorova, com 22 pontos. Varvara Sergeeva, também jogadora de meio, marcou 16 pontos. Pelo Brasil, o destaque foi Nicole, com 18 pontos, e Larissa Brandão, com 17.


A estatísticas do jogo mostram bem como a partida foi desenhada, com vantagem nos ataques e bloqueios russos em 62 pontos de ataque e nove pontos de bloqueio contra 51 e sete, respectivamente, da equipe brasileira. Os pontos de saque das brasileiras foram superior ao das russas, com oito a cinco, e também teve um menor número de erros, cedendo 20 pontos para as adversárias, que cederam 30. 


Times iniciais

Brasil: Larissa Brandão, Rebeca Silva, Aline Segato (C), Nicole Oliveira, Juliana Gandra, Heloise Soares e Sophia Dantas (L). Entraram: Isabella, Kauany, Luzia e Fernanda.


Rússia: Kobzar (C), Zhabrova, Kapralova, Zamanskaia, Suvorova, Popova e Kabribakhmanova (L). Entraram: Sergeeva, Artiukhina, Shvydkaia


O jogo

Foi um primeiro set jogando atrás para as meninas brasileiras. Logo as russas pressionaram a ponta Aline Segato, empacando a rede em seguidos bloqueios de Kobzar, principalmente. Foi dela o block na Aline que deixava as russas com vantagem de 9 a 6. As adversárias continuaram abrindo pontos em um apagão brasileiro e as brasileiras só voltaram a pressionar no fim do set, quase empatando. Mas a recuperação foi tarde, dando Rússia em 25/23.


O crescimento da equipe no fim da primeira parcial foi refletida na segunda parcial. Sob comando das ponteiras Nicola e Aline, o Brasil se manteve firma no placar até meados da parcial, quando o bom saque da central Juliana Gandra colocaram as comandadas de Hylmer Dias em vantagem. As russas, sem poder de reação com passes ruins, viu as brasileiras abrirem vantagem e empatarem o jogo com 25/16 no segundo set.


O Brasil também voltou forte no terceiro saque, novamente abrindo vantagem com Juliana brilhando. A central foi destaque do set, abrindo caminho para a ótima atuação da seleção na parcial. O bom saque brasileiro forçou diversos erros das russas, ficando tranquilo para a seleção brasileira fechar o set em 25/19.


De 3 a 0 para o Brasil o quarto set tornou-se 11 a 7 para a Rússia, em um crescimento das centrais Suvorova e Sergeeva. As brasileiras passaram então a tentar correr atrás do prejuízo, mas sem um saque eficiente e um bloqueio quase nulo, as russas fecharam o set em em 25/14.


Os erros russos voltaram a acontecer no tie-break, mesmo com as centrais ainda em êxtase na partida. Mais organizado, o Brasil fez 8 a 6, mas erro de Aline Segato deixou o quinto set empatado em 8 a 8. A partir daí as meninas brasileiras foram perdendo a cabeça e nada funcionava. As russas não tinham nada com isso e comemoraram o erro de saque deu fim ao jogo e vitória russa.


O Brasil volta a jogar ainda nesta quinta-feira, às 22h, contra a Eslováquia. O canal Volleyball World transmite a partida no YouTube.


Foto em destaque: Divulgação/FIVB


Nenhum comentário:

Postar um comentário